Michele Collins (pp) e Renato Antunes (PSC) usaram a tribuna para criticar senador por postagem
Michele Collins (pp) e Renato Antunes (PSC) usaram a tribuna para criticar senador por postagemFoto: Julya Caminha (Michele) e Divulgação CMR (Antunes)

A publicação de um vídeo divulgado pelo senador Humberto Costa (PT) no Facebook deflagrou indignação em parte da bancada evangélica da Câmara do Recife, durante reunião ordinária realizada nesta segunda (17). No vídeo em questão, a futura ministra das Mulheres, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirma que viu Jesus Cristo em cima de um pé de goiaba - aos 10 anos - no dia em que pensou em se matar.

Durante o pequeno expediente, a vereadora Michele Collins (PP) criticou o senador e ressaltou que ele foi desrespeitoso. O vereador Renato Antunes (PSC) também criticou o petista. Para Collins, é inadmissível que um senador da República faça brincadeira com a fé das pessoas. “Gostaria de registrar a minha indignação. A ministra Damares estava dentro da igreja e deu o testemunho dela de que, quando era criança foi abusada e, por isso, ia tomar veneno. Um senador da República tem coisas mais importantes para fazer do que zombar da fé Cristã”. A vereadora também afirmou que a atitude de Humberto Costa foi preconceituosa e caberia um pedido de desculpas. “ Gostaria que ele se retratasse. Ele é uma pessoa desrespeitosa e infringiu a fé Cristã”, complementou Collins.

Leia também:
[Manchetes] Giro de destaques dos jornais do país, nesta terça
Igualdade Racial será mantida em Ministério
Damares assumirá Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos
Damares diz que direção da Funai pode ser decidida depois da posse


Dizendo-se triste e indignado, o vereador Renato Antunes (PSC) também criticou a atitude de Humberto. “Subo à tribuna para repudiar as palavras de um senador da República. Ele defende um estado laico, assim como eu defendo. Mas quando ele zombou da fé desta mulher, ele zombou da fé de 140 milhões de pessoas que professam a fé cristã”, afirmou Renato Antunes.

Antunes afirmou, ainda, que existia uma inversão de valores em relação ao senador ironizar a profissão de fé da pastora. “Se alguém tivesse visto um duende verde atrás de um pé de maconha, estava tudo certo. Eu acredito que Jesus pode estar numa goiabeira. Eu acredito que ele andou sobre as águas” afirmou o parlamentar.

Em questão de ordem, o vereador Ivan Moraes (PSOL) se posicionou. "Tenho o máximo respeito por quem ver Jesus na goiabeira, Oxum na cachoeira ou por quem ver o duende verde atrás do pé de maconha. São questões individuais e ninguém tem nada a ver com isso", declarou o psolista.

Procurado pela reportagem, Humberto afirmou que conversou com a equipe que gerencia as suas redes sociais por considerar que a publicação não era "apropriada". O petista ponderou que não teve "nenhum interesse de ser jocoso". "Não tive esse objetivo. Apenas a gente citou o que estava circulando nas redes sociais. Mas eu, inclusive, falei com o pessoal que toma conta das redes sociais que achava que não era muito próprio. Se eles (os vereadores) se sentiram agredidos com isso, eu quero pedir desculpas. Não foi essa a intenção", garantiu.

assuntos

comece o dia bem informado: