A vereadora Michele Collins ressaltou que as 47 mulheres que estavam sendo homenageadas representam integridade, paciência, ternura e o esforço em prol da construção de uma sociedade mais equânime
A vereadora Michele Collins ressaltou que as 47 mulheres que estavam sendo homenageadas representam integridade, paciência, ternura e o esforço em prol da construção de uma sociedade mais equânimeFoto: Anderson Barros

A Câmara Municipal do Recife, por iniciativa da vereadora Missionária Michele Collins (PP), prestou homenagem às mulheres, nesta terça-feira (10), em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Ao total, 47 mulheres receberam o certificado de honra ao mérito.

Collins lembrou que Casa de José Mariano vem tratando de temáticas relacionadas a mulher, por meio de um conjunto de pautas positivas, a exemplo da lei municipal nº 18.241, de sua autoria que dispõe sobre o programa de apoio às mulheres vítimas de violência; e da lei 18.003, também de sua autoria, que dispõe informar aos órgãos ocorrências envolvendo mulheres com indícios de maus tratos.

“Atualmente convivemos com uma realidade preocupante, quando consideramos os casos de violência doméstica e feminicídio, uma das principais causas de violações de direitos humanos. Conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma em cada três mulheres em todo o mundo já sofreu algum tipo de violência”, explicou.

Michele Collins ressaltou que as 47 mulheres que estavam sendo homenageadas representam integridade, paciência, ternura e o esforço em prol da construção de uma sociedade mais equânime. “São empoderadas, que acreditam no amor e suportam a dor do desamor, que criam e inspiram, que semeiam a esperança por dias melhores e que orientam os seus filhos e entes queridos. enfim, que pensam num mundo melhor! Precisamos reafirmar a nossa contribuição na sociedade” , disse.

Carla Patrícia Cunha, superintendente da Polícia Federal de Pernambuco, uma das homenageadas, ressaltou a liberdade de escolha e o pleno domínio dos direitos e sonhos. “Temos capacidade, formação e coragem”. Carla Patrícia também enfatizou as políticas públicas tendo como objetivo a diminuição da violência. “É preciso incentivar PP’s em parceria com a iniciativa privada criando, assim, possibilidades ao mercado de trabalho. É fundamental para diminuir a violência e tornar um mundo mais justo e melhor, facilitando a inserção da mulher, especialmente as que estão em condição de vulnerabilidade”, ponderou.

Estavam presentes na solenidade, o desembargador do TJPE; Stênio Neiva; o Cônsul do Uruguai em Pernambuco, Rodrigo Carneiro Leão; a coronel do Exército e diretora do Hospital Militar de Área do Recife, Maria Sandra Andrade; o Defensor Público de Pernambuco, José Fabrício, Dalva Cabral de Oliveira Neta, coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Cidadania de Pernambuco, as jornalistas Meiry Lanunce e Roberta Jungmann, Vírgina Moury, Defensora Pública da Mulher, o deputado estadual Pastor Cleiton Collins.

assuntos

comece o dia bem informado: