Nesta semana, a prefeita Doutora Nedegi recebeu a equipe da vice responsável pela iniciativa e já iniciou a sua implementação.
Nesta semana, a prefeita Doutora Nedegi recebeu a equipe da vice responsável pela iniciativa e já iniciou a sua implementação.Foto: Lins Andrade

Camaragibe é a cidade da Região Metropolitana do Recife que mais emprega mulheres, segundo levantamento do Governo do Estado. Nesse sentido, o município será o primeiro da receber o programa “Pernambuco com Elas”, comandado pelo gabinete da vice-governadora Luciana Santos. Nesta semana, a prefeita Doutora Nedegi recebeu a equipe da vice responsável pela iniciativa e já iniciou a sua implementação.

O primeiro passo será uma entrevista às mulheres que integram o Camaragibe Qualifica, uma iniciativa da prefeitura para preparar jovens para o mercado de trabalho. As entrevistas também acontecerão na Rua Eliza Cabral, Shopping Camará e na sede do Bolsa Família. Os dados coletados servirão para detalhar ainda mais o perfil de emprego na cidade.

“O resultado dessa pesquisa vai nortear as políticas públicas de melhorias para o desenvolvimento social e econômico das mulheres de Camaragibe. Eu fico muito feliz pelo Governo do Estado nos notar e se preocupar em trazer o projeto para incentivar nossas munícipes. Eu, como mulher, funcionária pública e médica da cidade, acho fundamental para a nossa gente”, pontuou a Doutora Nadegi.

Incentivo - O programa “Pernambuco com Elas” é uma inovação do governo estadual que resulta da parceria de várias secretarias com a meta de abrir portas e incentivar as mulheres de Pernambuco.

“Trata-se de uma nova bandeira para Pernambuco trazendo autonomia e empregabilidade para as mulheres. Uma nova campanha de chamamento para que as mulheres conquistem independência e melhorem a própria qualidade de vida, e a qualidade de vida da sua família”, disse a assessora especial Luciana Azevedo.

Já a coordenadora da Mulher de Camaragibe, Ceça Santos, acredita que esse programa vem trazer fortalecimento para a cidade, encontrando os dados necessários para identificar os níveis de empregabilidade e renda das mulheres camaragibenses. “É um momento ímpar para a cidade, para a gestão e para a Coordenadoria da Mulher”, comemorou.

assuntos

comece o dia bem informado: