Policiais federais
Policiais federaisFoto: Arquivo/Agência Brasil

Representantes da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), da Confederação Brasileira dos Policiais Civis (Cobrapol) e dos Policiais Rodoviários Federais (FenpaPRF) definiram, em reunião nesta segunda-feira (10), a data do primeiro congresso nacional unindo as três forças de segurança pública. O evento está marcado para os dias 05, 06 e 07 de maio, em Brasília.

“A ideia é nos juntarmos para que tenhamos mais força para discutir assuntos e problemas relevantes para todos nós”, explicou o presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens.

Entre os temas, estão a Reforma da Previdência e seus impactos para a categoria, a implementação da porta de entrada única em cada uma das polícias, com promoções baseadas em mérito e capacitação do servidor e o ciclo completo de investigação, em que o policial que presencia ou chega primeiro à cena do crime conduz a investigação.

Além dos três temas-chave, os policiais pretendem debater pontos também comuns a todos, como proteção social para os agentes de segurança pública, plano de saúde, a reforma administrativa que o governo federal pretende levar ao Legislativo e outras matérias que tramitam no Congresso Nacional e podem impactar os policiais.

O Congresso de Policiais pretende convidar para os debates representantes de outras onze entidades de classe, incluindo os policiais legislativos e militares, agentes penitenciários e socioeducativos, servidores da Agência Brasileira de Inteligência, entre outros.

“Essa foi a primeira reunião para tratar do assunto. Na próxima, marcada para o dia 03 de março, pretendemos detalhar a pauta do encontro e definir outros temas para os debates e os convidados para palestras ou mesas-redondas”, antecipou Boudens.
Também representou a Fenapef no encontro, o diretor de Estratégia Sindical, Júlio César Nunes dos Santos.

Sobre a Fenapef

Fundada em agosto de 1990, a Fenapef é a maior entidade representativa da Polícia Federal (PF), com mais de 14 mil filiados. Além de defender e representar os servidores da PF, a federação também atua como agente transformador nas políticas de segurança pública.

Dentre as principais áreas de atuação da Federação Nacional dos Policiais Federais, destacam-se a defesa irrestrita dos filiados e a luta por uma segurança pública moderna e eficiente.

assuntos

comece o dia bem informado: