Congresso Nacional
Congresso NacionalFoto: Arquivo/Agência Brasil

A aprovação do projeto de Lei que garante renda de até R$ 1.200,00 por família durante a pandemia do novo coronavírus, nesta segunda-feira (30), no Senado, gerou repercussão entre os políticos de Pernambuco. Como para tirar o projeto do papel ainda falta a sanção presidencial, muitos aderiram a campanha pela agilidade dessa assinatura de Jair Bolsonaro (sem partido), subindo a hashtag #PagaLogoBolsonaro. Já o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB), comemorou a aprovação do PL na Casa Alta.

A deputada Marília Arraes (PT) explicou a campanha para acelerar a execução do projeto. "#PagaLogoBolsonaro é a principal mensagem da live que fiz com o senador @randolfeap. Essa Renda Básica já poderia ter sido aprovada e estar atendendo aos trabalhadores que mais precisam. Não dá pra perder mais tempo. A live ficou disponível no Instagram", tuitou.

"O Senado priorizou a população e aprovou o projeto de Renda Mínima Emergencial. Será uma renda de até R$ 1.200 por família. É uma vitória do povo. É esperar que o presidente tenha o mínimo de sensatez e sancione com a maior urgência possível", escreveu a deputada em outra postagem.

Outro a aderir à campanha foi o deputado federal João Campos (PSB). "É hora de fazer a pressão necessária pelo cumprimento do projeto mais importante do ano, já aprovado pela Câmara e pelo Senado", postou. Já o deputado Silvio Costa Filho (Republicanos), limitou-se a comemorar a aprovação do PL. "Boa notícia! O Senado aprovou, nesta segunda-feira (30), a renda mínima de até R$1.200. A medida segue agora para sanção do presidente. Vamos trabalhar para a ajuda chegar a quem mais precisa o quanto antes!", escreveu.

No senado, entre os parlamentares pernambucanos, se pronunciaram sobre a aprovação da Renda Mínima os senadores Humberto Costa  (PT) e Fernando Bezerra Coelho, que é líder do governo na Casa. Humberto juntou-se à campanha para pressionar o presidente a sancionar o quanto antes a matéria. "Aprovamos no Senado o #SeguroQuarentena, agora precisamos que Bolsonaro libere os recursos para o povo receber o benefício. Seguimos na luta! Vamos subir a #PagaLogoBolsonaro Flag of Brazil", postou.

Já Fernando Bezerra usou suas redes sociais para comemorar a aprovação. "O Senado aprovou o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600,00 para trabalhadores informais, desempregados e microempreendedores individuais. A expectativa é que 30 milhões de brasileiros serão beneficiados com a medida".

twitter

Crédito: Reprodução Twitter


assuntos

comece o dia bem informado: