Germana Laureano
Germana LaureanoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A procuradora geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), Germana Laureano, foi reconduzida ao cargo, na manhã desta quinta-feira (30), em solenidade realizada no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Germana ficará à frente do MPCO no biênio 2020-2021.

"Tenho consciência da grandiosidade dessas tarefas. Mas o fato de contar com o apoio dos meus colegas, notáveis e brilhantes profissionais, e estar alinhada ao Tribunal de Contas, com todo o seu excepcional corpo técnico, enche-me de entusiasmo e energia para enfrentar mais um ciclo", disse Germana Laureano em seu discurso. Segundo ela, um dos maiores desafios de sua nova gestão será atuar nas eleições municipais para garantir a lisura do pleito de outubro.

"É uma recondução, então isso significa que houve uma aprovação do trabalho que a gente estava fazendo. Vamos dar continuidade e, além disso, tentar dar um salto de qualidade nas parcerias e focar agora nas eleições municipais. Ano de eleição sempre requer uma vigilância redobrada. Já estamos pensando em fazer viagens para as inspetorias regionais, em conjunto com o TCE para fazer uma coscientização das condutas vedadas, então esses são os desafios", projetou.

Esta foi a primeira vez que a eleição para procurador geral do MPCO foi feita pelo próprio órgão, sem interferência do presidente do TCE. Segundo Germana, isso demonstra independência entre os órgãos de controle. "Historicamente, era o presidente do Tribunal de Contas quem conduzia a eleição. E conseguimos no ano passado alterar essa norma, porque não tem sentindo se um órgão que tem independência funcional, que o presidente do Tribunal atue nessa hora. Isso é simbólico porque reafirma a autonomia da instituição", comentou.

A solenidade foi prestigiada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros (PP), do presidente do TCE, Dirceu Rodolfo, do presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, e de representantes de tribunais e do Ministério Público, associações de magistrados, membros do MPCO, autoridades e familiares. O diretor executivo da Folha de Pernambuco, Paulo Pugliesi prestigiou a cerimônia representando o Grupo EQM.

Perfil - Natural do Recife, Germana é formada em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde também fez pós-graduação em Direito Constitucional e Administrativo. Ingressou no TCE-PE em 1995, por meio de concurso público, onde exerceu o cargo de analista de controle externo até o ano de 2000.

Atuou, ainda, como procuradora do Estado de Alagoas durante nove anos, sendo aprovada por concurso público e exerceu o cargo de procuradora-chefe do Estado de Alagoas em Brasília, além de chefe do escritório de representação de Alagoas no Distrito Federal. Em 2009, ingressou no MPCO por aprovação em concurso público realizado em 2004.

assuntos

comece o dia bem informado: