Sala de aula de escola estadual
Sala de aula de escola estadualFoto: Arthur Mota/Arquivo Folha

Em seu terceiro pronunciamento em rádio e televisão sobre a crise do novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou nesta terça (24) o fechamento de escolas para combater a epidemia.

A medida, no entanto, tem sido amplamente adotada pela grande maioria dos países. Até esta terça, 156 nações haviam fechado suas escolas, segundo levantamento da Unesco.

O órgão da ONU estima que 1,4 bilhão de alunos foram afetados pelas ações de resposta ao vírus, o que equivale a 82,5% dos estudantes de todo o mundo –cerca de 4 a cada 5.

Além do Brasil, apenas Estados Unidos, Rússia, Indonésia e Filipinas mantêm parte das escolas funcionando, segundo a Unesco. Nesses países, não houve, até o momento, uma ordem para de fechar todos os estabelecimentos.

Os demais se dividem entre aqueles que não suspenderam as aulas e aqueles que fecharam todas as escolas –este formado pela grande maioria dos países.
Nas Américas, apenas Nicarágua, Haiti, Guiana, Suriname e Guiana Francesa mantêm suas escolas abertas. Na Argentina, as aulas estão suspensas desde a segunda passada (16).

Leia também:
Mais de 95% das crianças da América Latina e Caribe estão sem aulas
Governadores criticam Bolsonaro, falam em demissão de Mandetta e impeachment

Na Europa, com exceção de Belarus, que ainda mantém as atividades escolares, e a Rússia (parcialmente), todos os países fecharam as escolas –Alemanha, Espanha, França, Reino Unido e Suíça estão entre eles.

A Itália, o país mais afetado da região, adotou a medida no dia 4 de março, mas muitas escolas do norte já haviam suspendido as atividades antes da decisão do governo federal.

O cenário se repete no Oriente Médio. A grande maioria dos países fechou todos os estabelecimentos de ensino. As exceções são Eritreia, Omã e Iêmen –este vive, desde 2014, uma guerra civil que destruiu seu sistema educacional.

Na África, países em que as escolas ainda funcionam também são exceção.
A Austrália é um dos poucos países com um alto número de casos (2.044 até esta terça) que ainda mantém todas as escolas abertas.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: