O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano.
O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano.Foto: Divulgação

Reforma da Previdência e o recorte da imprensa brasileira sobre o assunto estará no centro do debate, nesta quarta-feira (13), às 18h30, no auditório do Sindicato dos Servidores Federais (Sindsep), Rua Fernandes Vieira, 67 - Boa Vista/Recife. Participam da roda de discussão Iara Moura (Intervozes), Paulo Rubem Santiago (professor da UFPE) e Fabiano Moura (secretário de Imprensa e Comunicação de CUT Pernambuco).

A proposta do debate é analisar como os principais grupos de comunicação do Brasil se posicionaram diante da proposta do Executivo e apresentar o estudo Vozes Silenciadas Reforma da Previdência e Mídia: o posicionamento de especialistas sobre a proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro, realizado pelo Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social.

O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano. Na cobertura televisiva, foram analisadas quatro semanas de edições dos telejornais Jornal Nacional (Rede Globo), Jornal da Record (Rede Record) e SBT Brasil (SBT).

vozes

assuntos

comece o dia bem informado: