Facebook
FacebookFoto: Loic Venance / AFP

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) decidiu neste domingo, 02, que o Facebook deve liberar em 48 horas anúncios do candidato ao Senado, Bruno Araújo (PSDB).

Após o Facebook alegar problemas tecnológicos, a medida judicial foi acionada pelos advogados, Paulo Fernandes Pinto e Eduardo Porto, responsáveis pelo jurídico de Bruno Araújo e Mendonça Filho (DEM).

A decisão, em caráter liminar, também diz que caso não seja cumprida a medida, no prazo de 48 horas, o Facebook terá que pagar multa de R$ 10 mil por dia.

Leia também:
TSE multa Facebook por descumprimento de ordem judicial
TRE determina retirada de propaganda irregular nas redes sociais de Paulo Câmara


“Mesmo após diversas tentativas de criação de conta de anu´ncios eleitorais no formato requerido pela legislac¸a~o, não houve sucesso em nenhum canal de comunicac¸a~o posto a` disposic¸a~o pelo Facebook para a resoluc¸a~o dos problemas te´cnicos, demonstrando que a empresa na~o esta´ cumprindo suas obrigac¸o~es legais, fato que prejudica a divulgação do candidato” , destacou o advogado Paulo Fernandes Pinto.

comece o dia bem informado: