Bruno Araújo (PSDB)
Bruno Araújo (PSDB)Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Com seu principal eleitorado na Região Metropolitana do Recife, o deputado federal Bruno Araújo (PSDB), chamou para o conflito o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), aliado da Frente Popular. Bruno acusou o socialista de ter amnésia com a proximidade da eleição, já que suas reclamações sobre falta uma suposta falta de ajuda do tucano no período em foi ministro das Cidades. “Fácil é ser bom no bom, difícil é ser bom no ruim, nós fomos bom no ruim, foram 20 mil casas sendo construídas em Pernambuco, R$ 2 bilhões de investimentos e, mais de 90 cidades atendidas”, disse ao listar suas ações enquanto dirigiu o ministério. Essa discussão pode ser apontada até mesmo como uma prévia do que pode acontecer nas eleições municipais de 2020.

Cargo de ministro, alías, que Bruno relembrou ter deixado antes mesmo do seu partido deixar o Governo Temer. “Queriam me dar puxão de orelha dentro do governo porque carreava par Pernambuco recursos de maneira muito expressiva”, revelou.

Bruno ainda contou que mantém conversas com o seu candidato a presidente da República, Geraldo Alckmin (PSDB), que ainda não decolou na campanha presidencial. “O Alckmin sabe hoje das dificuldades que ainda tem com a baixa pontuação, mas começaram agora os programas de televisão e tem um tempo expressivo de televisão, nos próximos 10, 15 dias nós vamos saber como se movimenta a intenção do eleitor brasileiro de forma definitiva”, prospectou.

Leia também:
[Podcast] "Vergonha para pedir voto", diz Bruno sobre Humberto e Jarbas
Bruno Araújo sobre Lula: “Dentro da cadeia ninguém tem computador nem máquina datilográfica"

Bruno acredita que a discussão política local é mais importante para as eleições atuais. “Não temos a candidatura do ex-presidente Lula, Temer não é candidato, Dilma não é candidata. Os candidatos da vida real são os que estão postos aí e são sobre esses que esse a gente, de fato, tem que discutir sobre a insegurança pública, sobretudo sobre a questão de empregos foi algo que eu ajudei a atenuar a situação no momento que mais precisa e eu consegui 20 mil casas para pessoas que mais precisam em Pernambuco”, afirmou.

Silvio Costa

Bruno Araújo (PSDB) respondeu ao também deputado federal Silvio Costa (Avante), ambos candidatos ao Senado. Na última segunda-feira (3), Silvio Costa fez acusações a Bruno Araújo ao microfone da Rádio Folha 96.7 FM, que respondeu ao ser o entrevistado desta quarta-feira (5). “O Silvio Costa é fanfarrão e falta com a verdade. Ele disse que eu votei em Eduardo Cunha , todos sabem, que isso não é verdade. Enquanto Silvio Costa me ataca e diz inverdades eu estou dando voto pro filho dele (deputado estadual Silvio Costa Filho, do PRB). Está no meu palanque e tem um comportamento pessoal bem melhor do que o pai”, rebateu. 

comece o dia bem informado: