Folha Política

Renata Bezerra de Melo

ver colunas anteriores
Jarbas e Lula
Jarbas e LulaFoto: Divulgação

A relação mais estreita que o deputado federal Jarbas Vasconcelos já teve, há alguns anos, com o ex-presidente Lula passou a ser lembrada por aliados seus que conviveram no Palácio das Princesas no período em que o peemedebista era governador do Estado e Lula, presidente da República, no primeiro mandato. Pessoas próximas recordam, inclusive, visitas feitas por José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil e ainda pelo ex-ministro Tarso Genro ao Palácio das Princesas, quando conversas giraram em tonro de uma tentativa de atração de Jarbas para ser ministro de Lula ou até vice do líder-mor do PT. Tarso Genro esteve em Pernambuco no período que assumiu, de forma interina, a presidência nacional do PT, em meio ao escândalo do mensalão. Encontros entre Jarbas e o ex-presidente também são anotados. De 2006 em diante, a relação esfriou, os caminhos dos dois seguiram direções opostas e atritos se sucederam. Na última semana, Lula deu entrevista, em Pernambuco, na qual citou Jarbas. O ex-governador viu a fala como positiva. Jarbas, por sua vez, acenou para João Paulo, credenciando-o para, eventualmente, concorrer ao Senado. E João Paulo leu nas palavras de Lula e nas de Jarbas "um ponto de intersecção", uma "coisa nova". Refere-se ao fato de Lula ter sinalizado para aliança com o PSB e Jarbas, ao acenar para ele, que já foi vereador, prefeito e deputado pelo partido, ter feito gesto na direção do PT.

Chapinha na pauta pós-Carnaval

Na quarta-feira seguinte a de cinzas, lideranças de partidos que integram a Frente Popular - mas articulam uma chapinha para a disputa pela Câmara Federal, como a coluna cantou a pedra - se reúnem na casa do deputado federal Augusto Coutinho. São esperados, no encontro, representantes do PSL, Solidariedade, PCdoB, PDT e PP.

Conterrâneos >
Presidente nacional do PMDB, Romero Jucá é de Floresta, terra do correligionário Kaio Maniçoba. O hospital da cidade, inclusive, leva o nome do avô de Jucá, Coronel Álvaro Ferraz. A despeito dessa origem em comum, Kaio e Jucá não tem tanta proximidade. E, depois que Kaio virou secretário, ficou ainda maior.

Virgens e Bob > O deputado estadual Álvaro Porto desfilou nas Virgens de Garanhuns ontem. E, após frevar no maior colégio eleitoral do Agreste Meridional, comanda o bloco Bob Esponja, em Canhotinho, hoje. A agremiação faz uma referência bem humorada a um antigo apelido do deputado. Mais precisamente do tempo em que ele foi prefeito do município.

Blitz > Os deputados Rodrigo Novaes e Claudiano Martins solicitaram, à Comissão de Agricultura, a ida do secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, à Casa Legislativa para falar sobre o plano de ação do governo estadual a respeito da construção de estradas no interior neste ano de 2018.

Contexto >
Presidente do PT no Estado, Bruno Ribeiro pondera que as palavras de Lula ao enaltecer a necessidade de formação de alianças se dá em "momento difícil para o País e para ele". E avalia: "É normal e necessário que Lula dialogue com todos que possam somar esforços. Lembre que ele sinalizou também para a candidatura própria que estamos construindo".

Óbvio > Sobre os sinais que vêm sendo dados pela Frente Popular em prol de uma aliança com o PT, Bruno devolve: "Que eles querem, está ficando óbvio. Mas como sabemos: a cada noite de sono, há uma distância imensa entre sonho e realidade".

veja também

comentários

comece o dia bem informado: