Folha Política

Renata Bezerra de Melo

ver colunas anteriores
Raul Henry
Raul HenryFoto: Divulgação

Um edital chegou a ser publicado no Diário Oficial de ontem, convocando membros do diretório estadual, senadores, deputados federais, deputados estaduais e delegados dos diretórios municipais para a convenção estadual do MDB de Pernambuco, que ocorreria no dia 15 de junho, segundo a publicação. Mas os planos foram alterados e a eleição dos membros do diretório estadual da legenda, presidida pelo deputado federal Raul Henry, ficou para 6 de julho.

A mudança de data é resultado de solicitação do senador Fernando Bezerra Coelho. Raul consultou o líder do governo no Senado e ele fez um apelo pela alteração, em função do São João de Petrolina, reduto do senador e cidade governada por seu filho, Miguel Coelho. A mudança para o dia 6 foi combinada com o senador Jarbas Vasconcelos, que também concordou. Henry tem usado com frequência as expressões "respeitosa, pacífica e civilizada" para definir a convivência com Fernando, que se tornará integrante da executiva estadual, onde Jarbas e Fernando Dueire também permanecerão com assentos.

 

Embarque imediato
Na manhã de ontem, no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro convidou o presidente nacional do PSL e deputado federal Luciano Bivar para embarcar rumo a Pernambuco junto com ele. O dirigente, que está em Brasília, retorna ao Estado amanhã, acompanhando Bolsonaro que irá à reunião do Conselho Deliberativo da Sudene com governadores do Nordeste.
Comitiva > Durante a caravana, será lançado o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste, em obras de infraestrutura. Bivar informa que o ministro do Desenvolvimento Regional e Urbano, Gustavo Canuto, também estará presente.
Presente! > Do PSB de Pernambuco, só Felipe Carreras esteve no café da manhã com Bolsonaro ontem. Nos 45 minutos do segundo tempo, o partido decidiu que não compareceria. "A gente, enquanto parlamentar, representante do povo, tem que ter diálogo. Não é briga de torcida", defende Carreras à coluna.
Frustração > Em prol "da abertura de diálogo", Carreras julgou importante participar. No entanto, diz que o encontro foi "frustrado", e que o pesidente "não anunciou nada de concreto".
2º tempo > O PSB decidiu de última hora não ir ao café com o presidente. O líder, Tadeu Alencar, encaminhou a decisão, via ofício, ao ministro Carlos Alberto Franco França, chefe do cerimonial da Presidência da República.
Campo...> O clima de enfrentamento entre o Executivo e o Legislativo pesou na hora de deputados de Pernambuco decidirem não comparecer ao encontro com o presidente.
...minado > "Até a turma de Bolsonaro estava dizendo que não ia", relatou, à coluna, um deputado oposicionista. Ele realçou que, se o presidente está "atacando" o parlamento, o gesto era ele ir até o Congresso. "Ele está atacando e a gente vai lá?", indaga. Os coordenadores, Wolney Queiroz e Augusto Coutinho, não foram.
Cassação > Em decisão com data de ontem, a juiza Anna Regina de Barros, da 2ª Vara Cível de Camaragibe, deferiu liminar suspendendo o processo de cassação do prefeito Demóstenes Meira. A decisão se dá "para fins de suspender os efeitos do recebimento da denúncia em desfavor do impetrante” e segue: “bem como os atos posteriores, decorrentes do recebimento da denúncia em debate, até ulterior deliberação".

veja também

comentários

comece o dia bem informado: