Governador Paulo Câmara.
Governador Paulo Câmara.Foto: Rafael Furtado / Arquivo Folha

O governador Paulo Câmara (PSB) disse, em entrevista à Globo News, na tarde desta segunda-feira (18), que o discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contrário ao isolamento social prejudica as ações de enfrentamento ao novo coronavírus. Vale lembrar que, desde o último sábado (16), cinco municípios do Estado estão com restrições mais rígidas de circulação. A iniciativa visa garantir as taxas de isolamento necessárias para reduzir a contaminação pelo vírus. Apenas as atividades consideradas essenciais têm autorização para funcionamento. Além disso, o rodízio de veículos foi decretado.  

"Lógico que todo esse discurso do Governo Federal, desde o início, contra o isolamento social, ele prejudica. Cria um cria clima de instabilidade, de insegurança na população", comentou Câmara. Para ele, o discurso por parte da União é "inadequado" porque vai contra a ciência e todas as autoridades sanitárias do mundo.

"O momento é de salvar vida, nós temos tempos diferentes. O tempo atual é salvar vidas, o tempo seguinte é, justamente, buscar um caminho para recuperar a economia. Mas a gente tem que ter a prioridade agora, e todo mundo fez isso, todos os países que enfrentaram isso, cumpriram o isolamento social da forma mais rigorosa e é isso que a gente está colocando agora em Pernambuco diante da gravidade. Esperamos que haja também por parte do Governo Federal a necessidade de olhar estado por estado e ver que discursos contraditórios não ajudam a salvar vidas no momento que estamos vivendo", complementou o gestor pernambucano.

assuntos

comece o dia bem informado: