Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai homenagear o Homem da Meia da Noite
Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai homenagear o Homem da Meia da NoiteFoto: Divulgação/ Alepe

Nesta quarta-feira (12), a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), promoverá uma sessão solene em homenagem aos 88 anos do Clube de Alegoria e Crítica O Homem da Meia-Noite. A comemoração acontecerá a partir das 18h, no auditório Sérgio Guerra, por iniciativa do primeiro-secretário da Casa, deputado Clodoaldo Magalhães (PSB).
  
O Homem da Meia-Noite é uma das mais antigas agremiações a circular pelas ladeiras do Sítio Histórico de Olinda e, em 2006, virou Patrimônio Vivo de Pernambuco. O boneco místico e misterioso é símbolo do Carnaval de Olinda e abre oficialmente a folia com seu desfile pela Cidade Alta no sábado, com direito a papel picado, fogos e muito frevo. Todos aguardam ansiosos pela aparição do calunga.

No Carnaval 2020, a agremiação vai prestar uma bela homenagem à água. Com o tema “Chover”, o evento abordará, de maneira lúdica e criativa, a preservação da água. Antes do desfile, o calunga conta com uma série de cuidados. Segundo o presidente da agremiação, Luiz Adolpho, entre os preparos estão a troca de roupa que acontece às 18h, um brinde com cachaça e um banho de perfume realizado por crianças.

Homenagem - Para o primeiro-secretário da Alepe, a homenagem ao Homem da Meia-Noite é uma honra. “O bloco traz consigo muita história e bastante cultura para um povo que ama e vive o Carnaval. O calunga não é só gigante em tamanho, mas principalmente em carinho e afeto por parte dos foliões”, destaca Clodoaldo Magalhães.

Segundo o presidente do bloco, Luiz Adolpho, a homenagem tem relação direta com o que o Homem da Meia-Noite representa. “É uma forma de reverenciar aqueles que fundaram a agremiação e um reconhecimento à cultura popular, uma forma através da qual o povo consegue expressar as suas ideias. Trata-se de uma grande homenagem a todos os que fazem parte dessa história”, ressalta o presidente.

Enquanto isso na Câmara Municipal do Recife...'rebolation'

A Câmara Municipal do Recife aprovou, nesta terça-feira (11), a entrega de título de cidadão recifense ao cantor soteropolitano Leo Santana. A proposição é do vereador Hélio Guabiraba. 

Na sua justificativa, o vereador diz que:

O Cantor Nordestino, nascido e criado no Bairro do Lobato, área periférica de Salvador, conseguiu se destacar na música nacional e mundialmente, levando o ritmo Axé para o Brasil afora e diversos países. O Artista Baiano tem uma forte ligação com o Estado de Pernambuco, em especial com a cidade do Recife. No auge da sua carreira, quando estourou a música “Rebolation”, no ano 2009, Léo Santana morou no Recife, dando destaque à cidade pernambucana no Carnaval 2010, já que a música mencionada se tornou o hit do verão e foi com ela que o Grupo chegou a ter sucesso internacional.
Para se ter uma ideia, a música entrou para o Guinness Book por ser a canção mais tocada no mundo todo em 2010.

Nos shows que frequentemente faz na capital pernambucana, Léo costuma ressaltar seu carinho pelo Recife. Agora, em carreira solo, outra música de Léo promete ser o hit do Carnaval 2020: a música “Contatinho”, que gravou com a Artista Anitta. A presença do artista é uma das mais esperadas durante o Carnaval do Recife, considerado um dos maiores do país. O Recife abraçou Léo Santana, um jovem carismático, como um exemplo de nordestino, pobre, negro, que conseguiu conquistar o mundo. Seu exemplo enaltece o Nordeste e, consequentemente, a capital pernambucana.


Cantor receberá título de cidadão recifense

Cantor receberá título de cidadão recifense - Crédito: Divulgação/ Facebook

assuntos

comece o dia bem informado: