Não houve nenhuma ocorrência de homicídio nos dias de festa em Ipojuca
Não houve nenhuma ocorrência de homicídio nos dias de festa em IpojucaFoto: Divulgação

O Carnaval do Ipojuca 2020 ainda não terminou oficialmente, mas os números já mostram o sucesso da festa deste ano, principalmente no quesito Segurança. Não houve nenhuma ocorrência de homicídio nos dias de festa em Ipojuca e as milhares de pessoas que participaram dos mais de 90 blocos que desfilaram pelas ruas da cidade puderam brincar com tranquilidade.

O padrão de segurança que Ipojuca adotou em 2019 e que rendeu o destaque do município com a maior redução do número de homicídios da Região Metropolitana do Recife foi reforçado no Carnaval de 2020. A Secretaria Municipal de Defesa Social escalou 110 guardas municipais por dia de folia. Câmeras de monitoramento também ajudaram a ação da Guarda e detectores de metal foram colocados pela primeira vez no Baile Municipal e no Bloco da Sucata. Este ano, também houve o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil de Pernambuco, que participaram nos blocos com maior quantitativo de público. Em 70% dos eventos, no entanto, a segurança ficou por conta da atuação exclusiva da Guarda Municipal do Ipojuca.

A Secretaria Especial de Cultura ficou responsável pela contratação das orquestras locais, artistas do município e de atrações conhecidas nacionalmente. No total, foram quase 50 apresentações de orquestras animando as agremiações do Ipojuca. Algumas particularidades do Carnaval do Ipojuca merecem destaque este ano, como por exemplo: foi realizado o 1º concurso de La Ursas do município; minorias como o bloco dos Idosos e dos pacientes do Centro de Reabilitação também desfilaram; o bloco da Família foi organizado pela paróquia São Miguel; o desfile do calunga Zé Ipojuca marcou presença na sexta-feira à meia noite; o bloco da Sucata, no domingo, completou 30 anos e se firmou como o maior bloco de rua do município trazendo o Grupo Revelação; o bloco do Cuscuz, na terça, surpreendeu arrastando uma multidão; além dos blocos infantis Pojukinha e Sapequinha que animaram não só as crianças, mas os pais, com atrações como o Palhaço Chocolate.

Em todas as localidades teve folia, as virgens de Serrambi, de Camela; as Galinhas de Porto; Nossa Senhora do Ó e Ipojuca Centro com mais de um bloco por dia garantiram animação no período da folia de momo. A Prefeitura do Ipojuca também decorou as ruas e as praças que serviram de apoteose para os blocos de rua. Em parceira com a Secretaria Especial de Comunicação, foram distribuídos aos foliões 10 mil leques com dicas sobre o Carnaval e 10 mil panfletos com a programação completa das agremiações.

Na área da saúde, foram distribuídos 72.000 preservativos e 4.000 sachês de gel lubrificantes para a população. No total, 311 servidores participaram dos serviços de vigilância em saúde, unidades de urgência e ações de prevenção IST/HIV. Além disso, foram entregues à população 6 mil leques com os endereços das unidades de saúde do município.

A Secretaria Especial da Mulher promoveu um trabalho de divulgação da campanha “Só beije, se ela quiser”, contra o assédio no Carnaval. Foram distribuídas 4.500 tatuagens nos principais blocos da cidade. Sucesso também no movimento na rede hoteleira do Ipojuca. Segundo o Trade Turístico de Porto de Galinhas, a ocupação dos hotéis e pousadas da região, entre a sexta-feira (21) e a quarta-feira (26), atingiu 97%.

Da quinta-feira (20), dia do Baile Municipal do Ipojuca, até a quarta-feira de cinzas (26), foram recolhidas das ruas da cidade mais de 1.000 toneladas de lixo. Para garantir a limpeza nos polos de folia, foram utilizados mais de 400 funcionários por dia em serviços como varrição, coleta de lixo, limpeza das praias, capinação e retirada de entulhos. A Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano realizou o cadastramento de 48 catadores de materiais recicláveis. O grupo promoveu o recolhimento aproximado de 4 toneladas de plástico e 400 kg de latinhas.

Números do Carnaval do Ipojuca 2020:

- 110 guardas municipais por dia

- Utilização pela primeira vez no Baile Municipal e no Bloco da Sucata detector de metais.

- Primeira vez que a Polícia Civil participou no Baile Municipal dando apoio à Guarda Municipal.

- Primeira vez que a Polícia Militar participou do bloco da Sucata dando apoio à Guarda Municipal.

- 70% da segurança do Carnaval do Ipojuca foi feita pela Guarda Municipal do Ipojuca.

- 311 servidores nas ações de vigilância em saúde, unidades de urgência e ações de prevenção IST/HIV.

- 97% da ocupação da rede hoteleira em Porto de Galinhas. (De sexta 21 a quarta 26)

- 72.000 preservativos e 4.000 géis lubrificantes preservativos distribuídos.

- 6 mil leques da saúde com os endereços das Unidades de Saúde do Ipojuca.

- 4.500 tatuagens distribuídas da campanha da Secretaria Especial da Mulher contra o assédio.

- 1.000 toneladas de lixo recolhidas.

- 400 funcionários por dia para realizar a limpeza, varrição, capinação e retirada de entulhos.

- 10 mil leques com informações e dicas para o carnaval e 10 mil panfletos com a programação dos blocos distribuídos.

- 4 toneladas de plástico e 400 kg de latinhas recolhidas pelos catadores.

Segundo a Prefeitura, pela primeira vez a Polícia Militar participou do bloco da Sucata dando apoio à Guarda Municipal

Segundo a Prefeitura, pela primeira vez a Polícia Militar participou do bloco da Sucata dando apoio à Guarda Municipal - Crédito: Divulgação

A Secretaria Especial de Cultura ficou responsável pela contratação das orquestras locais, artistas do município e de atrações conhecidas nacionalmente

A Secretaria Especial de Cultura ficou responsável pela contratação das orquestras locais, artistas do município e de atrações conhecidas nacionalmente - Crédito: Divulgação

assuntos

comece o dia bem informado: