O presidente do STF, Dias Toffoli
O presidente do STF, Dias ToffoliFoto: Fabio Pozzebom/Arquivo Agência Brasil

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, afirmou na noite desta quarta (7), após o Senado aprovar o reajuste de 16,38% para o Judiciário, que agora enfrentará o problema do auxílio-moradia pago aos magistrados e membros do Ministério Público.

"Em nome do Supremo Tribunal Federal, em nome de todo o Poder Judiciário, eu gostaria de agradecer ao Congresso Nacional a aprovação desse projeto principalmente porque agora poderemos enfrentar o problema do auxílio-moradia. Principalmente porque, com a aprovação do novo subsídio, nós poderemos então resolver então essa questão do auxílio", disse Toffoli, ao chegar para um evento no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Leia também:
Senado aprova aumento de salário de ministros do STF para R$ 39 mil 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: