Luisa Hanune foi candidata por seu partido a presidente da República da Argélia por três vezes – a primeira mulher argelina a candidatar-se a esse posto em 2004
Luisa Hanune foi candidata por seu partido a presidente da República da Argélia por três vezes – a primeira mulher argelina a candidatar-se a esse posto em 2004Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira, 19 de setembro, às 14h, a deputada estadual Teresa Leitão e integrantes da Campanha pela Liberdade de Louisa Hanune, convocam uma Entrevista Coletiva de Imprensa para denunciar a situação da advogada, ex-deputada e secretária-geral do Partido dos Trabalhadores da Argélia, presa política por ordem do Tribunal Militar de Blida, onde compareceu para prestar depoimento como testemunha, no dia 9 de maio, e lá foi presa arbitrariamente.

Luisa Hanune foi candidata por seu partido a presidente da República da Argélia por três vezes – a primeira mulher argelina a candidatar-se a esse posto em 2004. Sua detenção ocorre em meio à sucessão de grandes manifestações populares por todo o país, em todas as sextas-feiras, desde 22 de fevereiro passado, que exigem profundas mudanças democráticas. A tensão política no país também já produziram outros atos de violência contra os militantes do Partidos dos Trabalhadores da Argélia.

Organizações sociais, sindicais e partidos políticos de mais de 90 países já aderiram a Campanha pela liberdade de Louisa e de outros presos políticos. No Brasil, já se somam 840 adesões entre partidos (PT, Psol, PCdoB), UNE, CUT, parlamentares e dezenas de sindicatos.

Para atualizar a imprensa, jornalistas e organizações sociais de Pernambuco sobre a situação da prisões e outros assunto, convocamos essa entrevista.

Entrevista Coletiva de Imprensa sobre a prisão da advogada Louisa Hanune
Quinta-feira, 19 de setembro
Horário: 14h
Plenarinho III
Edifício Miguel Arraes, Rua da União, 397, Boa Vista, Recife

assuntos

comece o dia bem informado: