Governador Paulo Câmara (PSB) participou de mais um evento do Consórcio Nordeste
Governador Paulo Câmara (PSB) participou de mais um evento do Consórcio NordesteFoto: Demis Roussos / GovRN

Natal- O governador Paulo Câmara se reuniu, nesta segunda-feira (16), com os demais governadores nordestinos, no Rio Grande do Norte. No encontro, promovido pelo Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Nordeste, foram discutidos pontos importantes para crescimento da região, com o comprometimento do bloco com a promoção de um desenvolvimento sustentável e a realização de cada vez mais investimentos em energias renováveis. E, com o primeiro edital finalizado, o colegiado reforça a sua competitividade e aponta para uma economia importante para os cofres públicos.
 
"Vamos ter ganho em escala e teremos condições de economizar para a realização de mais investimentos em cada Estado. Até dezembro, vamos fechar outros editais e assim alcançar boa parte dos produtos que queremos", destacou Paulo Câmara, completando: "Primeira compra coletiva do Consórcio Nordeste mostra a nossa competitividade".

O gestor pernambucano pontuou que as ações do Consórcio vão contribuir para o fortalecimento da cenário econômico nacional. "A nossa agenda busca a conquista de avanços essenciais, que vão nos ajudar a ter um papel cada vez mais forte na economia do Brasil, e tem um olhar e um cuidado de quem lida diretamente com a nossa população, com o compromisso de atuar diariamente na direção de um desenvolvimento sustentável e do respeito ao meio-ambiente", destacou Paulo Câmara.

Os chefes dos Executivos estaduais do Nordeste também discutiram a reforma tributária, que possui um proposta elaborada após estudo dos secretários da fazenda dos 27 Estados. Em paralelo, há dois outros textos tramitando no Congresso Nacional e ainda existe a possibilidade de o Governo Federal apresentar uma outra versão para o tema. "Temos que ficar muito atentos, observando possíveis mudanças que possam vir a prejudicar os estados e a população", salientou Câmara. 

"Nós manifestamos também o desejo e vamos trabalhar junto à Câmara dos Deputados para que projetos que estão lá de interesse dos Estados possam ser votados o quanto antes, entre eles, o projeto que recentemente foi votado no Senado que trata da Cessão Onerosa de receitas de petróleo. É urgente a votação na Câmara, e nós vamos trabalhar para que esse projeto seja votado o mais rápido possível, juntamente com o projeto de securitização das dívidas, que também está lá há vários meses aguardando a votação, além da questão do Plano Mansueto", pontuou Rui Costa, governador da Bahia e presidente do Consórcio.   

O gestor pernambucano pontuou que as ações do Consórcio vão contribuir para o fortalecimento da cenário econômico nacional

O gestor pernambucano pontuou que as ações do Consórcio vão contribuir para o fortalecimento da cenário econômico nacional - Crédito: Divulgação

assuntos

comece o dia bem informado: