Prefeito de São Paulo, Bruno Covas
Prefeito de São Paulo, Bruno CovasFoto: Governo São Paulo

Um ecocardiograma realizado nessa sexta-feira (8) pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas, mostrou que o coágulo, detectado no átrio direito de seu coração na segunda-feira (4) , reduziu de tamanho. De acordo com boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês, onde está internado, Covas continuará sendo medicado com anticoagulante.

“O quadro de saúde do prefeito Bruno Covas mantém-se estável e o paciente continua sendo medicado com anticoagulante. Ecocardiograma realizado hoje mostrou uma redução do trombo do átrio direito”, diz texto do boletim. No início da próxima semana, o prefeito passará por uma reavaliação médica antes do início da segunda sessão de quimioterapia.

Leia também:
Equipe médica adia alta de Bruno Covas por causa de coágulo
'Não tenho energia para trabalhar 14, 15 horas por dia, mas 8, 9 dá', brinca Bruno Covas ao falar de doença
Quadro de saúde de Bruno Covas é estável, segundo boletim médico


No dia 30, Covas terminou a primeira sessão de quimioterapia. O tratamento teve início no dia anterior e durou cerca de 30 horas ininterruptas. No total, serão três sessões de quimioterapia. Após isso, ele será novamente avaliado pelos médicos quanto ao prosseguimento do tratamento. O prefeito foi diagnosticado com adenocarcinoma, um tipo de câncer na região do cárdia, na transição do esôfago para o estômago, além de uma metástase no fígado e uma lesão nos linfonodos.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: