Mais de 200 funcionários do governo municipal foram deslocados para a área
Mais de 200 funcionários do governo municipal foram deslocados para a áreaFoto: Andréa Rêgo Barros/ PCR

Após denúncias de que uma possível mancha de óleo se aproximava do litoral recifense nas imediações do Parque Dona Lindu, no fim da manhã desta quarta-feira (6), a Prefeitura do Recife montou, em poucos minutos, uma grande operação. Cerca de 200 homens da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb), além de equipes da Defesa Civil, Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS), Secretaria de Saúde e Secretaria de Turismo e Lazer foram deslocadas para a área. O Comitê de Crise do Governo do Estado foi acionado, enviando de imediato um barco para o local. No começo da tarde foi descartada a presença de mancha de óleo nessa área.

De acordo com o secretário-executivo de Defesa Civil do Recife, coronel Cássio Sinomar, que coordenou a operação, logo após a denúncia o plano de ação foi acionado. “A Prefeitura está mobilizada com um plano de ação pronto para qualquer possibilidade do Recife ser atingido pelo óleo. Temos um plano para que todas as equipes trabalhem de forma coordenada para, caso a mancha chegue, seja reestabelecida a normalidade o mais rápido possível. Recebemos essa denúncia e, de pronto, foi mobilizado todo o plano de ação, mostrando que estamos preparados para esse tipo de ocorrência”, ressaltou o coronel.

Desde que o óleo começou a atingir o Litoral Sul pernambucano, a Prefeitura do Recife monitora as praias da cidade e permanece com equipes de prontidão para caso a mancha chegue. Com o aumento da possibilidade da chegada da mancha, há 20 dias, a Prefeitura fez um trabalho de conscientização nos prédios da Avenida Boa Viagem, teve reunião e cadastrou voluntários através da plataforma Transforma Recife e montou uma Central de Operações no CAT Ambiental, localizado no 2º Jardim de Boa Viagem.

Seguindo demanda de entidades da sociedade civil voltadas à causa ambiental e ao cuidado com a destinação adequada do lixo e orientações da Secretaria de Saúde do Recife, os voluntários cadastrados serão orientados a atuar em ações de conscientização e apoio logístico como distribuição de material de manutenção e contenção humana das áreas possivelmente afetadas. Isso para que não corram o risco de ter contato com o óleo, ficando isso a cargo dos funcionários da Prefeitura.

O Governo do Estado enviou um barco, que descartou a presença de óleo

O Governo do Estado enviou um barco, que descartou a presença de óleo - Crédito: Andréa Rêgo Barros/ PCR

assuntos

comece o dia bem informado: