Cerimônia de diplomação dos eleitos em 2018
Cerimônia de diplomação dos eleitos em 2018Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Está começando na tarde desta quinta-feira (6), no Classic Hall, a diplomação dos deputados federais, deputados estaduais, senadores, governador e vice eleitos em 2018 no Estado de Pernambuco. Com exceção do senador reeleito, Jarbas Vasconcelos (MDB); do deputado federal reeleito, Daniel Coelho (PSDB); e do deputado federal reeleito, Augusto Coutinho (SD), que cumprem agendas oficiais. Entre os ausentes, os deputados federais Ricardo Teobaldo (Pode) e Felipe Carreras (PSB)

A cerimônia realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), que realiza a solenidade de forma antecipada em relação ao calendário oficial tornando-se o primeiro Estado da Federação a diplomar seus eleitos no pleito de 2018. 

Em seu discurso, o governador reeleito Pulo Câmara (PSB) apresentou os princípios que, segundo ele, balizarão seu segundo mandato."Estamos todos aqui hoje para reafirmar o compromisso apresentado ao povo de Pernambuco durante a campanha eleitoral desse ano. Compromisso de garantir serviços públicos de qualidade, responsabilidade fiscal com equilíbrio das contas públicas e responsabilidade social de atender aqueles que mais precisam. Esse compro social foi e sempre será o nosso norte e a nossa missão maior", afirmou.

Ele questionou, ainda, aqueles que negam a política e o contraditório. "É inaceitável criminalizar a política e colocar em dúvida os princípíos básicos da democracia por meio da qual a sociedade estabelecia sua soberania. Muitos simplesmente não querem ouvir a voz contrária. Sem ouvir a voz contrária, como fortalecer a democracia?"

Já o senador reeleito Humberto Costa (PT), antecipou como será sua postura em seu novo mandato que iniciará em janeiro. "Vou fazer aquilo que eu fiz ao longo desses últimos oito anos. Ser um defensor intransigente de Pernambuco, um aliado importante do governador Paulo Câmara, lutar pelo aprofundamento da democracia do Brasil e estar lá no Congresso defendendo os interesses do nosso povo, especialmente do povo mais pobre e trabalhador", disse.

* Com informações de Luiza Alencar e Marcelo Montanini, da editoria de Política.

comece o dia bem informado: