Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair BolsonaroFoto: Isac Nóbrega / PR

O presidente Jair Bolsonaro não compareceu a entrevista programada e evitou os veículos de imprensa nesta sexta-feira (8), em Goiânia, após a expedição da ordem de soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT.

O presidente viajou a Goiânia para cerimônia de entrega de 214 ônibus escolares do Caminho da Escola. O programa federal foi lançado em 2007, quando o petista estava à frente do Palácio do Planalto.

Durante a cerimônia, minutos depois da decisão do juiz federal Danilo Pereira Junior ter sido expedida, um assessor do Palácio do Planalto se dirigiu ao presidente, na tribuna de honra, e mostrou a tela de seu celular a Bolsonaro. O presidente ouviu em silêncio e, após alguns minutos, cochichou ao ouvido do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que estava sentado ao seu lado.

Leia também:
Lula solto deve ter reforço de segurança, ato simbólico e estratégia sobre Bolsonaro
Polícia apreende computador na administração de condomínio de Bolsonaro
Bolsonaro nomeia dramaturgo Roberto Alvim para comando da Secretaria de Cultura 

Próximo a discursar, o presidente não tocou no assunto e, na sequência, deixou o local da solenidade, sem comparecer a entrevista de imprensa programada anteriormente. A saída de Bolsonaro surpreendeu até mesmo a sua equipe de comunicação.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: