Presidente da CCJ fez o anúncio da relatoria da Nova Previdência que vai ser o deputado delegado Marcelo Freitas, do PSL/MG
Presidente da CCJ fez o anúncio da relatoria da Nova Previdência que vai ser o deputado delegado Marcelo Freitas, do PSL/MGFoto: Divulgação

O deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG), que é delegado da Polícia Federal, vai ser o relator da reforma da Previdência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). O anúncio tão aguardado foi feito pelo presidente da Comissão, deputado Felipe Francischini (PSL-PR).

Fonte: Twitter/ TV Câmara

Francischini disse que esperou o momento propício para fazer o anúncio do relator, já que hoje há "união de forças e consenso dentro do Congresso Nacional e também junto ao governo". Ele disse que pretende votar a reforma da Previdência na CCJ em 17 de abril.

A falta de relator foi uma das razões apontadas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para não ter ido a sessão na Câmara com os deputados, marcada para a última terça.

"Realmente é assustador, ontem eu tomei um susto. O aviso que eu tinha é: 'você foi convocado para ir num lugar onde não tem relator, todo mundo vai atirar pedra e seu partido vai atirar também porque estão contra a reforma'. Não entendi mais nada", disse Guedes, referindo-se à participação prevista na CCJ.


O deputado federal delegado Marcelo Freitas, do PSL-MG, foi designado pelo presidente da CCJ para ser o relator da Previdência

O deputado federal delegado Marcelo Freitas, do PSL-MG, foi designado pelo presidente da CCJ para ser o relator da Previdência - Crédito: Divulgação/ Facebook

assuntos

comece o dia bem informado: