A apresentação aconteceu no painel da ONU-Habitat. O encontro reuniu executivos de empresas de vários segmentos, empreendedores e prefeitos de várias cidades do Brasil.
A apresentação aconteceu no painel da ONU-Habitat. O encontro reuniu executivos de empresas de vários segmentos, empreendedores e prefeitos de várias cidades do Brasil.Foto: Cortesia

O prefeito Geraldo Julio (PSB) apresentou, nesta terça-feira (23), os projetos desenvolvidos na Prefeitura do Recife voltados para Inovação e Tecnologia, durante palestra no Smart City Business Brazil Congress & Expo, em São Paulo. O foco foi mostrar como as ferramentas podem aproximar os cidadãos e os governos locais. A apresentação aconteceu no painel da ONU-Habitat. O encontro reuniu executivos de empresas de vários segmentos, empreendedores e prefeitos de várias cidades do Brasil. Também participaram do painel, a prefeita de Monteiro Lobato (SP), Daniela de Cássia, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves Barreto, o fundador do Colab, Gustavo Maia, o chefe de desenvolvimento da ONU-Habitat, Claudio Acioly e o diretor de vendas e desenvolvimento de negócios da Qualcomm, Jose Palazzi.

Em sua palestra, Geraldo ressaltou que não há outro caminho para buscar os objetivos das cidades sustentáveis que não passe pelo uso das tecnologias para envolver a população e a gestão pública. "Fomos selecionados pela ONG Habitat para essa discussão e, agora, a gente tem a interlocução com várias outras cidades e organismos internacionais de financiamento e startups que trabalham nesse setor de inovação e tecnologia. Aqui, tivemos a oportunidade de apresentar as experiências do Recife para uso de inovação e tecnologia para o engajamento e a participação dos cidadãos nas políticas públicas. Falamos sobre projetos como o Transforma Recife, Quero Impactar, a Maratona Verde", afirmou.

Na ocasião, entre as ações destacadas, uma delas foi a pesquisa de origem-destino, que subsidiou o plano de Mobilidade no Recife. Mais de 200 mil pessoas foram ouvidas no processo, que foi totalmente digital. O projeto mais recente da Prefeitura na área de inovação foi o Quero Impactar. A plataforma digital possibilita que pessoas físicas e jurídicas façam doações de uma parcela do Imposto de Renda para causas sociais, esportivas e culturais na cidade.

Em junho, a Maratona Verde também lançou mão da tecnologia para estimular a consciência ambiental entre os recifenses. A iniciativa bateu o recorde de 10 mil árvores plantadas em oito dias, sendo 97% espécies nativas da mata atlântica.

Fundador da Colab, Gustavo Maia, também participou do encontro e apresentou o projeto e seus desdobramentos. No Recife, a parceria da Prefeitura com o app resultou em consultas públicas para avaliar as ações desenvolvidas nos dois Centros Comunitários da Paz (Compaz) e na rede de bibliotecas pela paz. Para a revisão do Plano Diretor, também foi feita uma consulta de mobilidade e ordenamento e uma pesquisa de opinião sobre políticas públicas urbanas de transporte, saneamento e habitação. Na elaboração do Plano Recife 500 anos, o Colab e a Prefeitura também firmaram parceria para subsidiar o estudo.

O Colab é um tipo de rede social da cidadania e foi usada para conectar cidadãos e governos. Mais de 200 mil pessoas e 10 prefeituras brasileiras já lançaram mão da iniciativa

comece o dia bem informado: