Além do atendimento odontológico, crianças com microcefalia recebem atenção em diversas especialidades
Além do atendimento odontológico, crianças com microcefalia recebem atenção em diversas especialidadesFoto: Jonas Santos / Prefeitura de Petrolina

Crianças com microcefalia estão recebendo atenção especializada em Petrolina de uma equipe multidiciplinar que atende em cada unidade básica de saúde, graças a um programa realizado pela Prefeitura através da Secretaria de Saúde, em parceria com o Governo do Estado de Pernambuco. Nas unidades, além do médico e enfermeiro do programa Saúde da Família, as crianças também dispõem de psicólogo, nutricionista e fisioterapeuta. A novidade é a inclusão no programa do atendimento odontológico. Um transporte leva os pequenos pacientes para o Centro de Especialidades Odontológica (CEO) uma vez ao mês.

Atualmente, o município acompanha e atende 16 crianças com microcefalia. Eles foram identificados nas unidades de saúde dos seus bairros e recebem atenção individualizada. Nesses atendimentos no CEO, pais e mães recebem orientações sobre higiene bucal, cuidados com os dentinhos e a importância do tratamento preventivo no combate às cáries e outros problemas bucais. Depois, as crianças passaram pelo consultório odontológico, onde a equipe de odontopediatria fez uma avaliação individual de cada paciente, identificando possíveis problemas e iniciando os procedimentos necessários para a saúde bucal dessas crianças.

De acordo com a coordenadora do CEO, Clara Vasconcelos, o atendimento proporciona a humanização dos especialistas. “Não são só eles que ganham quando vêm aqui. O aprendizado, a experiência é muito válida para os profissionais, que se dedicam a cuidar das crianças e de todos os pacientes que chegam no CEO. Trocamos vivências , histórias de superação e, com isso criamos um vínculo de cuidado especial. Esse apoio às crianças com microcefalia acontecerá uma vez por mês com a equipe de saúde bucal”, pontua.

Microcefalia

A microcefalia é uma doença rara em que a cabeça e o cérebro da criança são menores do que o normal para a sua idade, e possuem alta incidência de doenças bucais, em função da dieta, alterações salivares, dificuldade de compreensão e realização da atividade de higiene bucal, além de alterações de mastigação e deglutição.

Microcefalia petrolina


Assista o vídeo institucional da prefeitura de Petrolina:



assuntos

comece o dia bem informado: