Ricardo Salles foi anunciado como futuro ministro do Meio-Ambiente
Ricardo Salles foi anunciado como futuro ministro do Meio-AmbienteFoto: Reprodução/Facebook

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou Ricardo Salles para assumir o Ministério do Meio Ambiente de seu governo. O nome foi anunciado por meio das redes sociais neste domingo (9). Salles é advogado e ex-secretário de Meio Ambiente do governo de São Paulo na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB). Ele concorreu ao cargo de deputado federal pelo Partido Novo nas eleições deste ano, mas não se elegeu.

Salles é advogado e um dos criadores do movimento Endireita Brasil. Quando era secretário do governo do tucano, ele e mais duas funcionárias da sua equipe foram alvos de uma ação de improbidade administrativa por suspeita de esconder alterações em mapas do zoneamento ambiental do rio Tietê, na Grande São Paulo.

O Ministério do Meio Ambiente foi alvo de polêmicas desde a campanha de Bolsonaro. Quando ainda era candidato, ele prometeu unificar a pasta à Agricultura, mas acabou desistindo após sofrer pressão de ambientalistas e de ruralistas.

Leia também:
Damares assumirá Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos
Pode ser até que Funai fique no Ministério da Justiça, diz Moro
Bolsonaro desiste de dar status de ministério à Secom
Bolsonaro proporá alteração na sistema de votação eleitoral
Bolsonaro será diplomado nesta segunda-feira pelo TSE


A escolha para o ministério ocorre no rescaldo da repercussão negativa gerada pela desistência do governo brasileiro de sediar a Cúpula do Clima, Cop-25, em 2019.
Embora o Ministério das Relações Exteriores tenha justificado a mudança por ausência de Orçamento, no exterior, a medida foi vista como uma ação do governo Bolsonaro, que critica a ação de organizações internacionais em relação a assuntos do clima.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: