Folha Política

Por enquanto, 2º turno à vista

A margem de erro é de três pontos percentuais

Fatima Bernardes, Tulio Gadelha e amigosFatima Bernardes, Tulio Gadelha e amigos - Foto: Jonas Liberato/Divulgação

Na contagem regressiva para o primeiro turno da eleição municipal, os candidatos à Prefeitura do Recife depositam expectativas no debate de TV, que será realizado pela Rede Globo Nordeste, na quinta-feira. Numa eleição em que a falta de debates na Capital tem sido sentida e alvo de críticas dos próprios postulantes, acredita-se que esse único debate televisivo poderá ter impacto. A terceira pesquisa Ibope, resultado de parceria entre a Folha de Pernambuco e a Rede Globo Nordeste, indica cristalização de um segundo turno. O prefeito e candidato à reeleição, Geraldo Julio, oscilou apenas um ponto positivamente e aparece com 39% (tinha 38%). Já João Paulo e Daniel Coelho oscilaram dois pontos positivamente. O petista pontua, agora, 29% (tinha 27%) e o tucano, 15% (tinha 13%). Já Priscila Krause e Edilson Silva oscilaram um ponto negativamente. Ela com 3% (tinha 4%), ele com 2% (tinha 3%). Brancos e nulos caíram de 10% para 8%. Candidatos apostam em uma redução ainda maior desse volume, de forma a reverter isso em intenções de votos. Em caso de segundo turno, um embate entre Geraldo Julio e João Paulo seria o cenário mais esperado por aliados do prefeito, uma vez que a tendência seria de o PSDB e o DEM apoiarem o socialista. Na simulação de 2º turno entre Geraldo e João Paulo, o socialista aparece com 50% contra 35% do petista. Na hipótese de Geraldo disputar com Daniel, o prefeito pontua 49% e o deputado, 32%. Entre Daniel e João Paulo, cada um pontua 42%. Faltam apenas cinco dias para o pleito. A conferir.

Surpesas das urnas
Daniel Coelho, que vinha apostando na hipótese de ultrapassar João Paulo, manteve-se subindo. No entanto, sem registrar ultrapassagem. Ele faz a seguinte observação: “João Paulo era para ser senador, se fosse por causa das pesquisas”. Refere-se à eleição de 2014, quando o petista liderou até a véspera do pleito, mas quem acabou saindo vitorioso foi o senador Fernando Bezerra Coelho.

G-4 > Foi a primeira vez, ontem, que os quatro ministros pernambucanos reuniram-se, no Recife. Almoçaram no Leite. Às vésperas do 1º turno, os próprios aliados do prefeito Geraldo Julio consideram pouco estratégico que o Governo do Estado compre briga com os representantes de Pernambuco na Esplanada dos Ministérios.

Horizonte > Isso porque mesmo os ministros, cujos partidos não estão na base do Governo do Estado, a exemplo de Bruno Araújo e Mendonça Filho, podem vir a apoiar o prefeito Geraldo Julio, no caso de o 2º turno se concretizar.

Saudações > Secretário da gestão Paulo Câmara que verbalizou reação diantes de cobranças do ministro Bruno Araújo por projetos da administração estadual, Márcio Stefanni acabou encontrando o titular do Ministério das Cidades, no final de semana. Resultado: cumprimentaram-se.

Lugar comum > Stefanni acompanhava o governador Paulo Câmara nas agendas de campanha eleitoral que o socialista cumpria em Santa Cruz do Capibaribe e em Camaragibe, das quais o tucano também participou.

Ponte > Stefanni é amigo de Henrique Pinto, um dos membros do time do secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimento do Governo Federal, Moreira Franco. Os dois trabalharam juntos no BNDES.

Bate-bola > O deputado Lucas Ramos esteve com o candidato a prefeito Neco e com o jogador Carlinhos Bala na comunidade Sapo Nu, no bairro do Totó, no Recife, bem na divisa com Jaboatão. Eles conversaram com os atletas da comunidade, numa manhã regada a futebol e debateram assuntos de importância para a comunidade. Carlinhos contou sua história de luta e como o futebol mudou sua vida.

Veja também

Viagem de embaixadores ao Amazonas pode ser adiada por causa de Covid, diz Mourão
Amazônia

Viagem de embaixadores ao Amazonas pode ser adiada por causa de Covid, diz Mourão

Jamais esteve em análise privatizar o SUS, seria insanidade, diz Guedes
Saúde

Jamais esteve em análise privatizar o SUS, seria insanidade, diz Guedes