Senado

Por trás desse broche, existe um ser humano, diz em vídeo senador flagrado com dinheiro na cueca

Na gravação, Chico Rodrigues afirma que escondeu o dinheiro "num ato de impulso" para proteger salários de funcionários dele

Chico Rodriges (DEM-RR), senador preso com dinheiro na cuecaChico Rodriges (DEM-RR), senador preso com dinheiro na cueca - Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Chico Rodrigues, do DEM de Roraima, enviou nesta terça-feira (20) um vídeo aos colegas para se defender no caso dos R$ 33,1 mil escondidos na cueca.

Na gravação, Rodrigues lê um texto e afirma que escondeu o dinheiro "num ato de impulso", para proteger valores que seriam destinados a pagar salários de funcionários que trabalham com ele."

Eu nunca tinha sido acordado pela polícia. Acordei com pessoas estranhos em meio ao meu quarto", afirmou. "Num ato de impulso protegi o dinheiro do pagamento das pessoas que trabalham comigo."

De acordo com informação da Polícia Federal enviada ao STF (Supremo Tribunal Federal) na semana passada, o parlamentar escondeu R$ 33.150 na cueca. Desse total, R$ 15 mil em maços de dinheiro estavam entre as nádegas.

Rodrigues foi alvo de uma operação contra desvio de recursos da Saúde para o enfrentamento da pandemia do coronavírus."Por trás desse broche de senador, existe um ser humano", diz senador no vídeo, de dois minutos de duração.

O senador pediu afastamento do mandato nesta terça-feira (20). De acordo com a defesa do senador, o afastamento solicitado é pelo período de 90 dias. "Pediu 90 dias, irrevogável, irretratável e sem recebimento de salários no período", afirmou a defesa do senador, em nota.

O senador era vice-líder do governo Jair Bolsonaro na Casa e deixou o posto. Ele foi alvo de mandado de busca e apreensão pela Polícia Federal, em Boa Vista, em operação que apura desvios em verbas de combate à Covid-19 na última quarta-feira (14).

Veja também

Ministério da Justiça contabiliza 10 prisões e 125 ocorrências
Eleição 2020

Ministério da Justiça contabiliza 10 prisões e 125 ocorrências

Balanço do TSE diz que 194 urnas já foram substituídas
Eleições 2020

Balanço do TSE diz que 194 urnas já foram substituídas