PPS dá ultimato a descontentes

Partido convidou, elegantemente, os rebelados que têm cargos a deixarem o partido, diante da insatisfação

Vereadores debatem o pacote enviado pela PCR Vereadores debatem o pacote enviado pela PCR  - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

 

Um dia após decidir apoiar a candidatura de Anderson Ferreira (PR) a prefeito de Jaboatão dos Guararapes, contrariando a decisão da executiva municipal do PPS, o diretório estadual pós-comunista, lançou uma nota dura endereçada a seus filiados.

Convidou, elegantemente, os rebelados que têm cargos a deixarem o partido, diante da insatisfação. No texto, o PPS-PE esclareceu que comunicou previamente a direção municipal sobre o apoio ao republicano, abalizado pelo ministro Raul Jungmann e pelo presidente nacional do PPS, Roberto Freire.

O texto afirma que respeita a opção do comando municipal de se manter neutro no processo, mas “aceitará, de forma democrática, a decisão dos dirigentes que desejarem entregar os cargos que ocupam no partido”.

Nesta quinta-feira (20), Anderson caminhou pelas ruas do bairro de Cavaleiro, onde defendeu mais acesso ao transporte público com os micro-ônibus e mototaxistas. Já Neco iniciou o dia com visita a mercados públicos da cidade. Logo em seguida, caminhou pelas ruas de Rio das Velhas, onde se comprometeu em tornar a região mais acessível aos portadores de necessidades especiais.

 

Veja também

Com apoio dos filhos de Bolsonaro, ala ideológica quer que ele demita Ramos
Polêmica

Com apoio dos filhos de Bolsonaro, ala ideológica quer que ele demita Ramos

Candidatos a prefeito do Recife otimistas com o resultado
Pesquisa Folha/Ipespe

Candidatos a prefeito do Recife otimistas com o resultado