Eleição presidencial

Presidente do MDB diz que nome de Tebet ao Planalto tem apoio de 90% da cúpula do partido

Reunião foi realizada nesta terça-feira para referendar posicionamento da legenda após desistência de Dória

Simone Tebet Simone Tebet  - Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, anunciou nesta terça-feira (24) que a pré-candidatura presidencial da senadora Simone Tebet (MDB-MS) tem o apoio de 90% da cúpula do partido. A declaração ocorreu após uma reunião da executiva nacional ocorrida na sede da sigla, em Brasília.

— Nós garantimos (que Tebet estará nas urnas). Hoje mais de 90% do MDB e dos convencionais declararam apoio à candidatura de Simone Tebet — afirmou Baleia.

O dirigente disse que saiu do encontro "convicto" e "empolgado" de que a senadora será confirmada como a candidata da chamada terceira via, unificando apoios do PSDB e do Cidadania, que ainda precisam referendar o nome dela em suas respectivas cúpulas partidárias.

Apoiadores declarados da candidatura do ex-presidente Lula (PT), os presidentes dos diretórios do MDB de Alagoas, Renan Calheiros; do Ceará, Eunício Oliveira; e da Paraíba, Veneziano Vital do Rêgo, não compareceram à reunião. Eles corresponderiam aos 10% que não endossam a chapa encabeçada por Tebet.

Segundo a legislação eleitoral, a confirmação da candidatura de Tebet só poderá ser feita na convenção que será marcada entre julho e agosto. A Executiva, no entanto, foi convocada para reafirmar o nome da senadora como uma demonstração que o MDB estaria unido, diferente do PSDB.

A ideia é dar uma resposta aos questionamentos levantados por dirigentes do PSDB, como o deputado Aécio Neves (MG), de que Tebet poderia não ser confirmada como candidata na convenção.

— Isso agora nos permite trabalhar com os outros partidos na elaboração do plano de governo — disse Baleia, citando o apoio que ela recebeu na reunião de importantes dirigentes emedebistas, como Romero Juca, de Roraima; Roseana Sarney, do Maranhão; e Michel Temer, de São Paulo.

Veja também

Lula diz que Trump foi vítima de atentado: 'O que vimos hoje é inaceitável'
POSICIONAMENTO

Lula diz que Trump foi vítima de atentado: 'O que vimos hoje é inaceitável'

Após áudio clandestino, Bolsonaro mantém compromissos com pré-campanha de Ramagem no Rio
ELEIÇÕES

Após áudio clandestino, Bolsonaro mantém compromissos com pré-campanha de Ramagem no Rio

Newsletter