PRP-PE na ofensiva contra propaganda

PT, PRTB e DEM podem perder tempo de propaganda partidária por irregularidades nas inserções de TV

TRE-PE TRE-PE  - Foto: Arquivo Folha

A Procuradoria Regional Eleitoral em Pernambuco (PRE-PE) entrou com representações contra três diretórios estaduais de partidos políticos de Pernambuco devido irregularidades nas propagandas partidárias exibidas no primeiro semestre deste ano. O órgão requer a redução do tempo de duração de inserções do PRTB, PT e DEM.

As duas primeiras legendas não teriam cumprido o percentual mínimo para participação feminina nos vídeos, enquanto os democratas não teria atendido a finalidade de divulgação do partido, personalizando suas inserções. As representações foram enviadas ao Tribunal Regional Eleitoral em Pernambuco (TRE-PE).

De acordo com a PRE-PE, o PRTB e o PT não cumpriram o percentual mínimo de 20% do tempo para promover e difundir a participação da mulher na política. Com veiculação em março deste ano, o PRTB teve um total de 10 minutos, destinando apenas 30 segundos. A PRE-PE pede que o partido perca o equivalente a cinco vezes o tempo restante que deveria ser destinado à participação da mulher. As inserções do PT totalizavam 20 minutos, mas a sigla destinou apenas 2 minutos e 45 segundos para promover a participação feminina, que equivale a 13,75%.

O tempo mínimo que deveria ser cumprido era de 4 minutos. Com isso, a PRE-PE pede a cassação de 1 minuto e 15 segundos da legenda. Já o DEM, segundo a PRE, não teria cumprido a finalidade de suas atividades partidárias, mas focado suas veiculações na figura do ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM).

Procurada pela reportagem, a assessoria do DEM afirmou que aguarda a notificação e caberá ao corpo jurídico do partido se manifestar sobre o assunto. O presidente do PT-PE, Bruno Ribeiro, tomou conhecimento da representação pela imprensa. "Vamos conhecer o conteúdo e responder. O PT tem uma luta pela paridade e temos uma atenção especial para isso. Vamos ver o que não foi atendido", afirmou.

Veja também

Cidades têm volta do panelaço em protesto pela má condução da pandemia pelo governo federal
Protesto

Cidades têm volta do panelaço em protesto pela má condução da pandemia pelo governo federal

Oposição decide entrar com novo pedido de impeachment de Bolsonaro por crise em Manaus
Congresso

Oposição decide entrar com novo pedido de impeachment de Bolsonaro por crise em Manaus