PSB apresenta exigências para apoiar Alckmin na disputa presidencial

O comando do PSB também deseja o apoio do PSDB à candidatura do ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda ao governo de Minas Gerais

Márcio França, vice-governador de São PauloMárcio França, vice-governador de São Paulo - Foto: Reprodução/Facebook

A cúpula do PSB apresentou, na noite desta quarta-feira (21), suas condições para vir a apoiar o governador Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa presidencial. Reunido com o vice-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), dirigentes do partido listaram Estados onde reivindicam o apoio do PSDB aos candidatos do PSB aos governos.

Entre os Estados, estão Espírito Santo e Tocantins, além do Distrito Federal. O comando do PSB também deseja o apoio do PSDB à candidatura do ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda ao governo de Minas Gerais, mas enfrenta resistência do PSDB mineiro, que tem o senador Aécio Neves como principal líder.

Os dirigentes do PSB alegaram, durante a reunião, que nos Estados onde PSDB e PSB estão prestes a compor essa articulação acontecerá independentemente da aliança nacional, e que Alckmin deverá se empenhar mais para garantir apoio do partido à sua própria candidatura.

Leia também: 
Almoço para amenizar tensão no PSB
Aliança entre PT e PSB mais dependente de uma intervenção nacional

Em outras palavras, enquadrar o tucanato onde o PSDB resiste a uma composição com candidatos do PSB. Alckmin, segundo o comando do PSB, também deveria se esforçar para melhorar a relação com o partido em Pernambuco, onde o PSDB faz frontal oposição ao governador, Paulo Câmara.

Segundo integrantes do PSB, Márcio França fez um relato de sua situação para a disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. Aos dirigentes do PSB, o vice-governador de São Paulo disse acreditar na candidatura do prefeito de São Paulo, João Doria, ao governo do Estado. França afirmou não se incomodar com a hipótese de Alckmin ter dois palanques em São Paulo: o seu e o de Doria.

França ficou encarregado de enviar o recado a Alckmin. Outra hipótese em discussão é o apoio à candidatura de Ciro Gomes (PDT). O lançamento do ex-presidente do STF Joaquim Barbosa ao Palácio do Planalto foi considerada remota pela cúpula do PSB.

Veja também

Justiça derruba decisão que bloqueava bens de Doria em ação por improbidade na Prefeitura de SP
são paulo

Justiça derruba decisão que bloqueava bens de Doria em ação por improbidade na Prefeitura de SP

Com 'Erundinamóvel', vice de Boulos entrará na campanha de rua para tentar forçar ida ao 2º turno
SÃO PAULO

Com 'Erundinamóvel', vice de Boulos entrará na campanha de rua para tentar forçar ida ao 2º turno