“PSDB deveria ter apoiado Geraldo Julio”

Hoje no PMDB e à frente da liderança do governo na Câmara, vereadora diz que tucanos perderam espaço

Aline Mariano diz que estava certa ao defender continuidade do apoio ao PSBAline Mariano diz que estava certa ao defender continuidade do apoio ao PSB - Foto: Felipe Ribeiro

 

Líder do Governo na Câmara do Recife, a vereadora Aline Mariano (PMDB) afirmou, na última terça-feira (7), ao rever a disputa interna que a levou a deixar o ninho tucano em 2016, que se o PSDB tivesse tido um pouco mais de juízo, teria apoiado a reeleição de Geraldo Julio no ano passado. “Ficou comprovado que estávamos certos quando defendíamos a continuidade desse governo com o apoio do PSDB. Se o PSDB tivesse tido um pouco mais de juízo, teria dado um passo atrás para dar um mais na frente”, afirmou a vereadora, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7.

Segundo Aline, a prova de que ela estava certa é que, nas duas eleições anteriores, nas quais foi eleita, ela militava no campo da oposição e obteve sete mil votos.“Agora, tive 10,2 mil. Então, cresceu muito a minha votação pela minha postura. Aprendi desde cedo que o político tem que ser quente ou frio. Não dá para ser morno”, avaliou Aline.
Postura
A líder do Governo acrescentou, ainda, que não considerava razoável ter uma postura dúbia. “Na época, deveríamos ter apoiado Geraldo Julio e fortalecido a aliança PSDB/PSB. Inclusive, o senador Aécio Neves não perderia palanque no Estado de Pernambuco. Hoje, o PSB já pensa em lançar uma candidatura à presidência”, ponderou.
Sobre a nova função que assume, Aline Mariano afirma que vai definir um cronograma de trabalho para a base governista. Garantiu que a oposição não será atropelada pelos aliados de Geraldo Julio nas votações dos projetos e composição das comissões e que buscará sempre manter o diálogo com a oposição.
“Eu e a vereadora Marília Arraes (líder da Oposição) temos uma ótima relação. Vamos nos entender”, disse a parlamentar. Por fim, Aline afirmou que pretende alçar voos maiores já nas eleições do próximo ano. Lembrando que teve 14 mil votos para deputada estadual, ela espera repetir a dose na candidatura e chegar à Assembleia Legislativa. “Não vou negar que tenho essa pretensão. Vou trabalhar por isso”, afirmou.

 

Veja também

Queiroga vê risco de oferta irregular de vacina e diz ter o dever de persuadir Bolsonaro
Ministério da Saúde

Queiroga vê risco de oferta irregular de vacina e diz ter o dever de persuadir Bolsonaro

Pacheco e Queiroga discutem uso de fábricas de vacina animal para produzir imunizante contra Covid
Coronavírus

Pacheco e Queiroga discutem uso de fábricas de vacina animal para produzir imunizante contra Covid