PSDB, PMDB e PSB saem vitoriosos

Os tucanos vão administrar 803 Prefeituras no País. Vão governar um em cada quatro eleitores brasileiros

Candidatos que fizeram a prova do concurso do TJPE protestaram no RecifeCandidatos que fizeram a prova do concurso do TJPE protestaram no Recife - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

 

A eleição municipal de 2016 transformou o PSDB no partido que governará o maior número de eleitores- 34 milhões - maior índice na série histórica em pleitos municipais. Os tucanos vão administrar 803 Prefeituras no País. Vão governar um em cada quatro eleitores brasileiros.
O PMDB, do presidente Michel Temer, teve uma queda- de 23,1 milhões para 21 milhões -, mas, ainda assim, foi o partido que mais elegeu prefeitos: 1.038. O PSB, com 418 prefeituras e 12 milhões de eleitores, pavimenta a estrada para as pretensões presidenciais em 2018. Em paralelo a isso, observa-se a queda do PT, com 254 municípios, passando de 27 milhões para quatro milhões de eleitores.
Tucanos e peemedebistas ampliaram suas prefeituras nas cidades com mais de 200 mil eleitores. O PSDB saltou de 19 para 28 municípios. Além de São Paulo, onde elegeu João Doria, afilhado político do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), no primeiro turno, os tucanos venceram, também, em outras duas das dez cidades mais populosas do País: Artur Neto em Manaus, e Nelson Marchezan Jr, em Porto Alegre.
Aécio
O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, por sua vez, não conseguiu fazer o prefeito de Belo Horizonte, João Leite, assim como também não conseguiu em 2014, fazer o governador de Minas Gerais, Pimenta da Veiga, embora ainda comande o partido.
“O resultado eleitoral foi bom para Alckmin, aliado do prefeito de São Paulo e atual governador de São Paulo. Além disso, aliados dele governam grandes eleitorados. Mas agora, ele terá que construir um grupo dentro do PSDB (para sedimentar sua candidatura à Presidência)”, avaliou o cientista político, Leon Victor, da UFCG.
O quadro do PMDB é estável. Apesar de perder cerca de dois milhões de eleitores, ampliou sua presença de 11 para 14 municípios acima de 200 mil eleitores Além disso, ainda é a legenda com maior número de parlamentares no Congresso Nacional.
PSB
A estratégia do PSB é fortalecer o partido enquanto instituição nacional, e a legenda vem se consolidando ao ocupar espaços. “Partido só cresce se disputar eleição”, ponderou Victor. Foi o que aconteceu no Recife, em 2012, e o que tentou fazer o ex-governador Eduardo Campos (PSB), ao se lançar candidato à Presidência em 2014.

O politólogo diferencia a relação dos socialistas com petistas e tucanos: enquanto o PT não costuma ceder espaço, com o PSDB há uma associação, os socialistas também retribuem apoios em cidades sem candidatura própria, segundo Victor.
Apesar de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) liderar as últimas pesquisas de intenções de votos para o próximo pleito presidencial, os sucessivos indiciamentos no âmbito da Operação Lava Jato e a derrota que a legenda sofreu nas urnas - que é sintomática pela atual conjuntura - demonstram que o líder petista não terá vida fácil até o próximo pleito.

 

Veja também

Geraldo Pinho Alves Filho quer trazer linha de metrô para Paulista
Eleições 2020

Geraldo Pinho Alves Filho quer trazer linha de metrô para Paulista

Em Casa Amarela, João manda recado e diz que não se resolve problemas da cidade no grito
Eleições 2020

Em Casa Amarela, João manda recado e diz que não se resolve problemas da cidade no grito