política

PSOL identifica ofensiva digital contra Boulos após pesquisa

O desempenho de Boulos, líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), foi uma das surpresas da pesquisa

Guilherme Boulos (PSOL) em entrevista à Rádio Folha.Guilherme Boulos (PSOL) em entrevista à Rádio Folha. - Foto: Zé Britto / Folha de Pernambuco

O PSOL identificou aumento nas buscas no Google por "Boulos + invasor" desde o último domingo (20), quando saiu pesquisa Ibope, publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, que deu 8% das intenções de voto ao candidato.

O desempenho de Boulos, líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), foi uma das surpresas da pesquisa. Ele só ficou atrás de Celso Russomanno (Republicanos), com 24%, e do prefeito Bruno Covas (PSDB), com 18%. Está em empate técnico com o ex-governador Márcio França (PSB), que marcou 6%.

Para fazer frente ao que chama de "campanha de ódio", a campanha de Boulos criou uma espécie de central de combate a fake news, que apelidou de "gabinete do amor". É tocada por voluntários, numa ação concentrada na página dos Instagram @gabinetedoamorsp.

"Nossa militância digital vai lutar diariamente contra a disseminação de notícias falsas", diz Josué Rocha, coordenador da campanha de Boulos. "Temos compromisso com a verdade, e é esse compromisso que guiará nossa atuação daqui até as eleições em novembro", afirma.

Veja também

Justiça ordena bloqueio de bens de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes
Rio de Janeiro

Justiça ordena bloqueio de bens de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes

Charbel diz que vai dar crédito para recifense sair de palafitas e escolher onde morar
Eleições 2020

Charbel diz que vai dar crédito para recifense sair de palafitas e escolher onde morar