Relator apresenta parecer contra emendas ao projeto anticorrupção

O texto aprovado na comissão especial prev, entre outros pontos, a tipificação do crime eleitoral de caixa dois

Segundo turno em Pernambuco foi tranquilo, segundo o TRE-PESegundo turno em Pernambuco foi tranquilo, segundo o TRE-PE - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O Plenário da Câmara dos Deputados encerrou, no fim da noite desta terça-feira (29), a discussão do projeto de lei que cria medidas contra a corrupção (PL 4850/16). O relator, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), apresentou parecer contrário, no mérito, a todas as emendas apresentadas.

O texto aprovado na comissão especial prevê a tipificação do crime eleitoral de caixa dois, a criminalização do eleitor pela venda do voto e a transformação de corrupção que envolve valores superiores a 10 mil salários mínimos em crime hediondo.

Estão previstos ainda o escalonamento de penas de acordo com os valores desviados; a possibilidade de pessoas denunciarem crimes e serem recompensadas por isso; a criminalização do enriquecimento ilícito de funcionários públicos, e regras para facilitar o confisco de bens de criminosos.

Veja também

Quase 11 mil candidatos com patrimônio superior a R$ 300 mil receberam o auxílio emergencial
auxílio emergencial

Quase 11 mil candidatos com patrimônio superior a R$ 300 mil receberam o auxílio emergencial

Ministério Público pede que PF investigue ataque em que Arthur do Val relaciona Tatto ao PCC
política

Ministério Público pede que PF investigue ataque em que Arthur do Val relaciona Tatto ao PCC