Ricardo Pessoa diz que não tratou de propina com Lula

Segundo ele, os pagamentos para o PT eram acertados com o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto

Ex-tesoureiro João Vaccari NetoEx-tesoureiro João Vaccari Neto - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-presidente da UTC, Ricardo Pessoa, afirmou em depoimento ao juiz Sergio Moro, na segunda-feira (9), que não tratou de propina com o ex-presidente Lula ou com o ex-ministro Antônio Palocci. Segundo ele, os pagamentos para o PT eram acertados com o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto.

 Os repasses eram determinados, ainda de acordo com o empreiteiro, com base em porcentagens do valor dos contratos entre a UTC e a Petrobras. "Eu me reunia sistematicamente com Vaccari no meu escritório da UTC, em São Paulo, e a gente fazia um controle, praticamente uma planilha, de obra af

Veja também

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19
Coronavírus

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral
Política

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral