SÃO PAULO

Russomanno é amigo de velha data e estou pronto para ajudá-lo, diz Bolsonaro

Russomanno atribuiu o embarque de Bolsonaro já no primeiro turno a uma resposta a Covas, que tem uma coligação de 11 partidos

O candidato Celso Russomanno (Republicanos) e Jair Bolsonaro em hospital de SPO candidato Celso Russomanno (Republicanos) e Jair Bolsonaro em hospital de SP - Foto: Reprodução/Instagram

O candidato à Prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (Republicanos) afirmou que Jair Bolsonaro (sem partido) vai ajudá-lo na campanha para responder à frente de oposição ao presidente criada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB).

"Eu não pretendia entrar nas decisões de eleições municipais, mas Russomanno é amigo de velha data e estou pronto para ajudá-lo no que for preciso", disse Bolsonaro ao lado do candidato em São Paulo nesta segunda-feira (5).

Russomanno atribuiu o embarque de Bolsonaro já no primeiro turno a uma resposta a Covas, que tem uma coligação de 11 partidos, costurada pelo governador João Doria (PSDB).

Doria é potencial presidenciável em 2022 e é considerado adversário por Bolsonaro.

"O que é triste é eles terem armado uma frente para combater o presidente Bolsonaro, usando a prefeitura inclusive, para fazer esse tipo de coisa. [...] Não é assim que se faz política. Então, essa frente que eles estão criando aí, para combater o presidente Bolsonaro, não vai dar em absolutamente nada, pode ter certeza", disse Russomanno.

Veja também

Criticado por postura na pandemia, Bolsonaro faz passeio de motocicleta em Brasília
Planalto

Criticado por postura na pandemia, Bolsonaro faz passeio de motocicleta em Brasília

Após esquerda, grupos à direita promovem carreatas contra Bolsonaro
Impeachment

Após esquerda, grupos à direita promovem carreatas contra Bolsonaro