Câmara dos Deputados

Saiba como votou cada partido em projeto para legalização dos jogos

Maioria dos deputados do PL de Bolsonaro votou a favor da proposta, mesmo com anúncio de veto do presidente

Câmara dos DeputadosCâmara dos Deputados - Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Com um placar de 246 votos a favor e 202 contra, a Câmara dos Deputados aprovou, na madrugada desta quinta-feira (24), o texto principal do projeto de lei (PEC) que legaliza os jogos no Brasil. A vitória foi puxada principalmente por partidos do centrão favoráveis à proposta, como PP e o PL do presidente Jair Bolsonaro — sendo que o chefe do executivo anunciou que vetará a proposta caso aprovada.

Partidos de esquerda como PT e PSOL votaram em peso contra o projeto, enquanto o PCdoB foi favorável. Outras siglas, como PDT, PSB, Podemos e PSDB tiveram suas bancadas divididas de forma mais equilibrada em torno da proposta. Maior partido do Congresso, o União Brasil teve 33 votos “sim” e 43 “não”. MDB e PSD também deram peso ao "sim", com 27 e 19 votos a favor, respectivamente.
 

O Republicanos, partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) que faz campanha contra a legalização dos jogos, teve divergências entre seus membros, registrando nove votos favoráveis e vinte contrários à proposta.

Segundo o texto aprovado, jogos como cassinos, bingos, jogo do bicho e on-line ficam legalizados, mediante licenças em caráter permanente ou por prazo determinado.  Deputados ainda precisam analisar os chamados destaques ao texto, que podem alterar alguns pontos. A sessão para debater os pontos estava marcada para hoje pela manhã. 

Veja também

"Nunca mais o país entrará na escuridão do fim da cultura", diz Lula
Cultura

"Nunca mais o país entrará na escuridão do fim da cultura", diz Lula

CNJ retoma julgamento de reclamação disciplinar contra ex-juíza da Lava Jato Gabriela Hardt
Reclamação disciplinar

CNJ retoma julgamento contra ex-juíza da Lava Jato Gabriela Hardt