CGU

Servidores da CGU e Tesouro aprovam em assembleia entrega de cargos e operação padrão

Há uma apreensão entre os servidores de a carreira ser preterida em processo de reajuste salarial

CGU CGU  - Foto: Reprodução / Controladoria-Geral da União

Servidores da carreira de Finanças e Controle, que atuam na Controladoria-Geral da União e Tesouro Nacional, aprovaram, em assembleia virtual realizada na tarde desta quinta-feira, 29, um movimento de entrega de cargos e operação padrão, com um dia de paralisação. A categoria reclama do ritmo moroso de negociações com o governo.

O presidente do Sindicato Nacional dos Auditores e Técnicos Federais de Finanças e Controle (Unacon Sindical), Rudinei Marques, diz que enquanto há categorias equivalentes com acordos já firmados, a carreira de Finanças e Controle ainda não teve nenhuma devolutiva sobre a proposta apresentada na mesa de negociação específica.

Há uma apreensão entre os servidores de a carreira ser preterida em processo de reajuste salarial, o que motivou o movimento mais ostensivo.

Além da entrega de cargos, a assembleia virtual desta quinta, 29, também aprovou a realização de um dia de protesto previsto para 5 de março, com paralisação de atividades, o indicativo de operação padrão com início imediato, e instalação de Assembleia Geral em caráter permanente até o final da campanha salarial atual.

A categoria pleiteia um realinhamento de remuneração com as demais carreiras de Estado e a implementação de um programa de produtividade próprio. Os servidores já apresentaram a proposta de remuneração variável, em complemento ao subsídio, ao Ministério da Gestão em janeiro.

Veja também

G20: Protecionismo verde é tema polêmico e de difícil consenso
G20

G20: Protecionismo verde é tema polêmico e de difícil consenso

Telhado caído, móveis destruídos: governo libera R$ 22 milhões para as universidades do RS
Universidades do RS

Telhado caído, móveis destruídos: governo libera R$ 22 milhões para as universidades do RS

Newsletter