Site do PSDB é hackeado e mostra foto de Lula e Dilma

Em sua conta no Twitter, o PSDB atribuiu o ataque a 'militante de extrema esquerda desocupado', sem apontar nomes

Site do PSDBSite do PSDB - Foto: Divulgação

O site do PSDB nacional foi hackeado na noite deste domingo (18) por autor desconhecido. Durante quase uma hora, ao acessar a página do partido, o usuário era redirecionado para uma foto dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff (ambos do PT).

Na imagem colocada no site, eles aparecem abraçados, acenando para a câmera, acima da mensagem: "u tempo passa, os dias ficam mais chatos e algumas pessoa + ignorante".

A assessoria do partido confirmou a invasão e disse que sua equipe de tecnologia de informação estava trabalhando para resolver o problema.

Leia também:
Conselho de ética que julgará Aécio no PSDB será instalado em dez dias
Presidente do PT acusa Moro de atuar por transferência de Lula

A legenda ainda não identificou, porém, qual foi a falha de segurança que permitiu o hackeamento. Enquanto a questão não era resolvida, a imagem foi compartilhada por dezenas de pessoas nas redes sociais.

Em sua conta no Twitter, o PSDB atribuiu o ataque a "militante de extrema esquerda desocupado", sem apontar nomes. Segundo o texto da legenda, o responsável pela adulteração está "atrapalhando a vida das pessoas que trabalham".

A sigla afirmou ainda que "o hacker colocou uma foto de Dilma e Lula, os responsáveis pelos 13 milhões de desempregados no país".

Esta não é a primeira vez que o PSDB tem um endereço eletrônico invadido. No ano passado, um hacker adicionou uma mensagem de protesto contra o então presidente Michel Temer (MDB) à página do diretório mineiro do partido.

Veja também

Fernando Bezerra prepara o caminho
Carlos Britto

Fernando Bezerra prepara o caminho

Câmara aprova admissibilidade de PEC sobre imunidade parlamentar
Imunidade parlamentar

Câmara aprova admissibilidade de PEC sobre imunidade parlamentar