Site do PSDB é hackeado e mostra foto de Lula e Dilma

Em sua conta no Twitter, o PSDB atribuiu o ataque a 'militante de extrema esquerda desocupado', sem apontar nomes

Site do PSDBSite do PSDB - Foto: Divulgação

O site do PSDB nacional foi hackeado na noite deste domingo (18) por autor desconhecido. Durante quase uma hora, ao acessar a página do partido, o usuário era redirecionado para uma foto dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff (ambos do PT).

Na imagem colocada no site, eles aparecem abraçados, acenando para a câmera, acima da mensagem: "u tempo passa, os dias ficam mais chatos e algumas pessoa + ignorante".

A assessoria do partido confirmou a invasão e disse que sua equipe de tecnologia de informação estava trabalhando para resolver o problema.

Leia também:
Conselho de ética que julgará Aécio no PSDB será instalado em dez dias
Presidente do PT acusa Moro de atuar por transferência de Lula

A legenda ainda não identificou, porém, qual foi a falha de segurança que permitiu o hackeamento. Enquanto a questão não era resolvida, a imagem foi compartilhada por dezenas de pessoas nas redes sociais.

Em sua conta no Twitter, o PSDB atribuiu o ataque a "militante de extrema esquerda desocupado", sem apontar nomes. Segundo o texto da legenda, o responsável pela adulteração está "atrapalhando a vida das pessoas que trabalham".

A sigla afirmou ainda que "o hacker colocou uma foto de Dilma e Lula, os responsáveis pelos 13 milhões de desempregados no país".

Esta não é a primeira vez que o PSDB tem um endereço eletrônico invadido. No ano passado, um hacker adicionou uma mensagem de protesto contra o então presidente Michel Temer (MDB) à página do diretório mineiro do partido.

Veja também

Eleição tem recorde de candidatas e, pela 1ª vez, mais negros que brancos
Brasil

Eleição tem mais candidatas e, pela 1ª vez, mais negros que brancos

Mendonça abre campanha à Prefeitura do Recife com visita a comunidade carente e adesivaço no comitê
Eleições 2020

Mendonça abre campanha à Prefeitura do Recife com visita a comunidade carente e adesivaço