A-A+

Sobre Lula defender candidatura, João Campos dispara: "Não será novidade"

O deputado posiciona-se em relação à entrevista do líder-mor do PT, publicada pelo UOL, e diz que o PSB acha importante construir a unidade das forças progressistas, mas que respeita o PT

João CamposJoão Campos - Foto: divulgação

Após o ex-presidente Lula conceder entrevista ao UOL na qual defendeu a candidatura de da deputada federal Marília Arraes (PT) à Prefeitura do Recife, considerando um eventual apoio ao deputado federal João Campos (PSB), na Capital, apenas no 2º turno, o socialista e herdeiro de Eduardo Campos, à coluna, em primeira mão, externa posição sobre o assunto: "Não será nenhuma novidade se o PT optar por uma candidatura própria a prefeito do Recife. Tem sido assim em todas as eleições municipais desde a redemocratização, inclusive em 2012 e 2016".

João prossegue: "Neste momento difícil da política brasileira, em que direitos e conquistas sociais estão sendo ameaçados, nós do PSB achamos importante construir a unidade das forças progressistas, em defesa da democracia e da justiça social. Mas respeitamos o PT, caso decida deixar a Frente Popular e correr em faixa própria".

O PT, hoje, ocupa espaços nas gestões Geraldo Julio e Paulo Câmara. "Vamos seguir buscando o caminho do diálogo e da construção coletiva de propostas para o Recife, Pernambuco e Brasil", arremata João Campos.

 

 

Veja também

Metade dos brasileiros diz acreditar que Bolsonaro pode dar golpe
Bolsonaro

Metade dos brasileiros diz acreditar que Bolsonaro pode dar golpe

PT turbina estrutura de comunicação mirando eleição de 2022
Eleições 2022

PT turbina estrutura de comunicação mirando eleição de 2022