STF só julgará prisão de Aécio se houver recurso

A sessão do STF começa às 14h desta quinta (18). O quórum mínimo para analisar a questão é de seis ministros

Aécio Neves, senadorAécio Neves, senador - Foto: Andressa Anholete/AFP

O STF afirmou que o ministro Edson Fachin negou o pedido de prisão contra o senador Aécio Neves. O caso só será levado ao plenário se houver um recurso da PGR, o que não ocorreu até momento. Assim, é muito provável que o assunto não seja julgado nesta quinta em plenário.

A sessão do STF começa às 14h desta quinta (18). O quórum mínimo para analisar a questão é de seis ministros.

Veja também

Apoiadores de Bolsonaro convocam caravanas pelo país a favor de Arthur Lira e voto impresso
Bolsonaro

Apoiadores de Bolsonaro convocam caravanas pelo país a favor de Arthur Lira e voto impresso

Aliados de Tebet põem sua força em dúvida e dão prazo para nome decolar
Senado

Aliados de Tebet põem sua força em dúvida e dão prazo para nome decolar