Política

STF vai julgar liberdade de Lula dia 25

O pedido é um habeas corpus no qual a defesa do ex-presidente questiona a atuação de Moro no processo que condenou Lula

LulaLula - Foto: MAURO PIMENTEL / AFP

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, segunda-feira, enviar para análise do plenário da corte o habeas corpus que pede a libertação daqueles que foram presos com base em uma súmula do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região). Um desses presos é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Porém, a Segunda Turma do STF marcou para dia 25 o julgamento de um pedido de liberdade do ex-presidente Lula. O pedido é um habeas corpus no qual a defesa do ex-presidente questiona a atuação de Moro no processo que condenou Lula.

Leia também:
Julgamento que pode reverter prisão de Lula é levado a plenário do STF
Lula vê promiscuidade em mensagens entre Moro e Deltan 

Os ministros da turma entenderam que o tema é constitucional e que, portanto, deve ser decidido pelos 11 integrantes do Supremo, e não apenas pelo colegiado de 5 ministros. O habeas corpus contesta uma súmula do TRF-4 que torna automática a execução provisória da pena após uma condenação em segunda instância.

Veja também

PL veta apoio de bolsonaristas a candidatos de outros partidos e proíbe manifestações em redes
Política

PL veta apoio de bolsonaristas a candidatos de outros partidos e proíbe manifestações em redes

Deputado do PT apresenta projeto que retira gastos com mudanças climáticas da meta fiscal
Política

Deputado do PT apresenta projeto que retira gastos com mudanças climáticas da meta fiscal

Newsletter