STJ adia julgamento de habeas corpus de Lula para a próxima terça

Em janeiro, Lula foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva em segunda instância

Lula Lula  - Foto: Nelson Almeida / AFP

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) adiou para a próxima terça-feira (6) o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O caso estava previsto para ser analisado nesta quinta (1º). Em janeiro, Lula foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva em segunda instância, pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região).

Em seguida, a defesa do ex-presidente entrou no tribunal com pedido de habeas corpus preventivo para afastar a possibilidade de antecipação de cumprimento da pena de 12 anos e um mês de prisão em regime fechado. O ministro Humberto Martins, vice-presidente do STJ, estava de plantão e negou o habeas corpus.

Lula recorreu e, com o fim do recesso, o caso foi encaminhado para o relator da Lava Jato no STJ, ministro Felix Fischer. Agora, o habeas corpus será analisado pelo colegiado. Depois da condenação pelo TRF-4, o PT lançou Lula para presidente na eleição deste ano. No entanto, pela Lei da Ficha Limpa, o petista fica inelegível e não pode concorrer.

Veja também

Eleição tem recorde de candidatas e, pela 1ª vez, mais negros que brancos
Brasil

Eleição tem mais candidatas e, pela 1ª vez, mais negros que brancos

Mendonça abre campanha à Prefeitura do Recife com visita a comunidade carente e adesivaço no comitê
Eleições 2020

Mendonça abre campanha à Prefeitura do Recife com visita a comunidade carente e adesivaço