SÃO PAULO

Tabata Amaral anuncia outro ex-secretário de Bruno Covas para sua pré-campanha

Ex-secretário Relações Internacionais, Luiz Alvaro vai participar da articulação política e elaboração do plano de governo da pré-candidata à prefeitura de SP

A pré-candidata do PSB à prefeitura de São Paulo, Tabata Amaral, e Luiz Alvaro, ex-secretário de Bruno CovasA pré-candidata do PSB à prefeitura de São Paulo, Tabata Amaral, e Luiz Alvaro, ex-secretário de Bruno Covas - Foto: Divulgação

Num esforço para atrair o PSDB para a sua chapa, a deputada federal Tabata Amaral (PSB), pré-candidata à prefeitura de São Paulo, anunciou nesta sexta-feira mais um ex-secretário de Bruno Covas para a sua equipe de pré-campanha. Luiz Alvaro, que ocupou os cargos de secretário de Relações Internacionais e presidente da SPTuris durante o mandato do tucano, agora irá colaborar com a articulação política e a elaboração do plano de governo da parlamentar.

— Acredito que ela seja uma excelente opção para São Paulo. É jovem, preparada acadêmica e profissionalmente, e dará à nossa cidade o protagonismo que ela merece, longe dessa polarização que tomou conta da política nacional — disse o ex-secretário ao Globo.

A entrada de Luiz Alvaro na campanha de Tabata foi coordenada por outros dois ex-secretários de Covas que se aliaram à psbista: Vivian Satiro e Orlando Faria. Este último deixou o comando do diretório do PSDB na cidade de São Paulo para liderar a coordenação política da pré-campanha da deputada. Orlando é um dos principais defensores da aliança com o PSDB, que vive um racha entre caminhar ao lado da deputada, apoiar o prefeito ou apostar numa candidatura própria.

Ao explicar sua decisão de não apoiar a reeleição de Ricardo Nunes, Luiz Alvaro afirmou que o prefeito "abandonou" o compromisso de cumprir o plano de governo pelo qual foi eleito.

— Muito do que havíamos planejado na gestão Bruno Covas não foi executado. Eu já havia desembarcado do governo dele desde 2021. São Paulo merece algo novo e melhor —afirmou.

O convite de Tabata para que ex-secretários de Bruno Covas participem de sua campanha mira, além da busca pela aliança com o PSDB, a tentativa de atrair antigos eleitores do partido.

Veja também

Sonia Guajajara vai presidir fundo indígena latino-americano
filac

Sonia Guajajara vai presidir fundo indígena latino-americano

Secretária executiva do MEC, Izolda Cela comunica saída da pasta
brasil

Secretária executiva do MEC, Izolda Cela comunica saída da pasta

Newsletter