Política

TCU vai fiscalizar pagamento de gratificação a procuradores e juízes federais

A questão foi levada por auditores ao ministro Bruno Dantas, relator das contas do Ministério Público Federal, que fez o pedido de inspeção ao plenário da corte na sessão de quarta-feira (3)

TCUTCU - Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai fazer diligências para analisar a legalidade e a viabilidade do pagamento da chamada "gratificação por exercício cumulativo de ofícios" a procuradores e juízes federais.

A questão foi levada por auditores ao ministro Bruno Dantas, relator das contas do Ministério Público Federal, que fez o pedido de inspeção ao plenário da corte na sessão dessa quarta-feira (3). Inicialmente, Dantas sugeriu a inspeção sobre os pagamentos reivindicados por procuradores -o bônus foi o detonador de forte cizânia entre a categoria e a cúpula da Procuradoria-geral da República.

Leia também:
TCU investiga negócios de Guedes com fundos de pensão
TCU determina critérios para evitar supersalários em estatais


Como os integrantes do MPF reivindicam o benefício com base num princípio de paridade com a Justiça Federal, o decano da corte, Walton Alencar Rodrigues sugeriu estender a análise do caso aos juízes federais, o que foi acatado por unanimidade pelo plenário.

No pedido formulado aos colegas do TCU, Dantas diz que há dúvidas sobre a capacidade do MPF de arcar com o pagamento da gratificação sem estourar seu teto de gastos e também sobre a justificativa legal que ampara a despesa. Procuradores chegaram a organizar um motim no início deste ano, entregando cargos e funções para pressionar a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a autorizar o pagamento da gratificação.

Veja também

Raquel Lyra apresenta Fred Loyo como suplente ao Senado
ELEIÇÕES 2022

Raquel Lyra apresenta Fred Loyo como suplente ao Senado

Defesa de Gabriel Monteiro diz que atos do político só enobrecem vereadores
Justiça

Defesa de Gabriel Monteiro diz que atos do político só enobrecem vereadores