Temer convoca conselho de Defesa e manda auxílio policial ao Ceará

Ceará é o Estado de Eunício Oliveira (MDB-CE), que quer fazer da segurança pública uma das principais agendas do Senado neste ano e é candidato à reeleição

Senador Eunício OliveiraSenador Eunício Oliveira - Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

Após decretar intervenção na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro, o presidente Michel Temer decidiu fazer uma reunião dos conselhos nacionais de Defesa e da República nesta segunda-feira (19), em Brasília, além de enviar auxílio policial ao Estado do Ceará. A reunião será no Palácio da Alvorada, às 10h.

Os conselhos de Defesa Nacional e da República são órgãos consultivos da Presidência da República e são formados, entre outros, pelos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), além da cúpula das Forças Armadas.

Entre as atribuições dos conselhos, está "opinar sobre a decretação do estado de defesa, do estado de sítio e da intervenção federal". Os órgãos são formados por 23 autoridades.

Leia também:
Intervenção militar é paliativo com efeito político publicitário, diz sociólogo
Governo vai esperar aval do Congresso para iniciar intervenção no Rio
Analistas veem intervenção federal com reserva


Ceará
Em nota divulgada neste domingo (19), o Ministério da Justiça afirmou que está enviando reforço policial ao Ceará "diante dos últimos acontecimentos" no Estado. "O destacamento será composto por 36 homens, sendo 26 da Polícia Federal e 10 da Força Nacional de Segurança Pública, e será chefiado pelo almirante Alexandre Mota, secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Segurança Pública", diz o texto divulgado.  Ceará é o Estado de Eunício, que quer fazer da segurança pública uma das principais agendas do Senado neste ano. O senador é candidato à reeleição.

Veja também

Mesa Diretora decide enviar processo contra Flordelis ao Conselho de Ética
Câmara dos Deputados

Mesa Diretora decide enviar processo contra Flordelis ao Conselho de Ética

Palestra celebra 32 anos da Constituição e debate as eleições sob ótica do Direito Eleitoral
Eleições 2020

Palestra celebra 32 anos da Constituição e debate as eleições sob ótica do Direito Eleitoral