Temer decide nomear Carlos Velloso para Justiça, afirma jornal

O magistrado foi indicado pelo PSDB e contempla o perfil "inquestionável"

Velloso já foi ministro do Supremo Tribunal FederalVelloso já foi ministro do Supremo Tribunal Federal - Foto: Divulgação/STF

O presidente Michel Temer (PMDB) escolheu o nome que vai ocupar a vaga deixada por Alexandre Moraes no comando do Ministério da Justiça. A opção do peemedebista é Carlos Velloso, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a Folha de S. Paulo.

O magistrado foi indicado pelo PSDB e contempla o perfil "inquestionável", ou seja, um nome que não passe a mensagem pública da possibilidade de interferência na Operação Lava Jato.

A ida dele ao governo também ajudaria a amarrar os tucanos ao Executivo diante da ameaça de que a sigla abandone neste ano a gestão de olho na eleição presidencial de 2018, segundo assessores do Planalto.

Ainda segundo a publicação, Temer tem afirmado, em conversas reservadas, que definiu o nome, mas que pode haver mudança caso seja revelada alguma polêmica envolvendo Velloso. O ex-ministro já teria demonstrado disposição de assumir o cargo. Caso recue de última hora, no entanto, Temer avalia o nome do vice-procurador-geral da República, José Bonifácio de Andrada.

Ainda segundo a Folha de S. Paulo, o peemedebista ainda pretende conversar até a semana que vem com o ex-secretário de Segurança do Rio de Janeiro José Beltrame (PMDB) sobre a possibilidade de ele assumir a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Veja também

Braga Netto prega união contra iniciativas de desestabilização
Política

Braga Netto prega união contra iniciativas de desestabilização

Covid-19: Em reunião com ministro da Saúde, Patriota pede coordenação e planejamento
Pandemia

Covid-19: Em reunião com ministro da Saúde, Patriota pede coordenação e planejamento