Política

Temer decide nomear Carlos Velloso para Justiça, afirma jornal

O magistrado foi indicado pelo PSDB e contempla o perfil "inquestionável"

Velloso já foi ministro do Supremo Tribunal FederalVelloso já foi ministro do Supremo Tribunal Federal - Foto: Divulgação/STF

O presidente Michel Temer (PMDB) escolheu o nome que vai ocupar a vaga deixada por Alexandre Moraes no comando do Ministério da Justiça. A opção do peemedebista é Carlos Velloso, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a Folha de S. Paulo.

O magistrado foi indicado pelo PSDB e contempla o perfil "inquestionável", ou seja, um nome que não passe a mensagem pública da possibilidade de interferência na Operação Lava Jato.

A ida dele ao governo também ajudaria a amarrar os tucanos ao Executivo diante da ameaça de que a sigla abandone neste ano a gestão de olho na eleição presidencial de 2018, segundo assessores do Planalto.

Ainda segundo a publicação, Temer tem afirmado, em conversas reservadas, que definiu o nome, mas que pode haver mudança caso seja revelada alguma polêmica envolvendo Velloso. O ex-ministro já teria demonstrado disposição de assumir o cargo. Caso recue de última hora, no entanto, Temer avalia o nome do vice-procurador-geral da República, José Bonifácio de Andrada.

Ainda segundo a Folha de S. Paulo, o peemedebista ainda pretende conversar até a semana que vem com o ex-secretário de Segurança do Rio de Janeiro José Beltrame (PMDB) sobre a possibilidade de ele assumir a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Veja também

Presidente do STJ autoriza retomada de processo no TCU contra Deltan Dallagnol
Política

Presidente do STJ autoriza retomada de processo no TCU contra Deltan Dallagnol

49% acreditam que Bolsonaro não fez tudo o que estava a seu alcance no caso Dom e Bruno
Política

49% acreditam que Bolsonaro não fez tudo o que estava a seu alcance no caso Dom e Bruno