Temer reforça que estados terão verbas para segurança pública

O presidente da República destacou a criação do Ministério da Segurança Pública, que será responsável por essa coordenação

Temer disse que estados terão verbas para investir em segurança pública. Governo dará "todo o apoio à atividade" , afirmouTemer disse que estados terão verbas para investir em segurança pública. Governo dará "todo o apoio à atividade" , afirmou - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Michel Temer reforçou nesta quinta (22), em Brasília, que estados receberão recursos para investir em segurança pública, por meio do recém-criado Ministério da Segurança Pública. Segundo ele, uma vez que a segurança cabe aos estados, o governo federal dará "todo o apoio à atividade".

Temer visita a Fábrica da Fiat, em Goiana, nesta sexta (23)

A informação foi dada em entrevista à rádio baiana Caraíbas FM. "A tarefa da segurança pública cabe fundamentalmente ao estado, então, não podemos invadir a competência do estado. Mas, o que nós vamos fazer é coordenar e integrar essa atividade de segurança pública. Seguramente, nós vamos dar todo o apoio à atividade de segurança pública, vamos, inclusive, colocar recursos para os estados para prover a questão da segurança pública", afirmou.

O presidente da República destacou a criação do Ministério da Segurança Pública, que será responsável por essa coordenação. A Medida Provisória que criou a nova pasta foi assinada no mês passado. Agora, o governo passa a ter 29 ministérios.

O Ministério da Segurança Pública passa a ser composto pelo Departamento de Polícia Federal, Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, o Conselho Nacional de Segurança Pública, Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária e a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Leia também: 
Temer dará aval a parecer da AGU para crédito de banco público a estados

Temer começa reforma ministerial com Saúde e Transportes

Os orçamentos destinados a esses setores - atualmente no Ministério da Justiça - migrarão para a nova pasta. Dentre as competências do novo ministério figuram o patrulhamento ostensivo das rodovias federais e a política de organização e manutenção da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

Veja também

Nena Cabral quer construir três novas unidades de saúde no Paulista
Eleições 2020

Nena Cabral quer construir três novas unidades de saúde no Paulista

Carlos quer explorar potencial turístico dos mercados públicos do Recife
Eleições 2020

Carlos quer explorar potencial turístico dos mercados públicos do Recife